Marques Mendes: “Costa ganha votos e credibilidade com uma crítica de José Sócrates”

Marques Mendes disse que o primeiro ministro beneficia das críticas de José Sócrates e que o artigo publicado no Expresso parece escrito "por encomenda".

Luís Marques Mendes disse esta noite, no habitual comentário de domingo, na SIC, que o artigo escrito pelo antigo primeiro ministro José Sócrates que critica António Costa e publicado este sábado no Expresso beneficia o candidato do PS e atual primeiro ministro.

Costa ganha votos e credibilidade com uma crítica de José Sócrates“, disse o comentador, afirmando que o artigo escrito pelo antigo primeiro ministro parece “por encomenda”. “Aquilo encomendado não sairia melhor”, acrescentou, sublinhando que “goste-se ou não, José Sócrates é um ativo tóxico“.

Marques Mendes falou esta noite da última semana de agosto, na qual os partidos começaram a preparar a pré-campanha. Com algumas entrevistas transmitidas na televisão, durante a semana passada, e eventos de rentrée que marcaram este fim de semana, o comentador apontou a Rui Rio conselhos para as próximas semanas.

“Rui Rio deve fazer uma campanha mobilizadora, tem de ser acutilante e assertivo nos debates televisivos e tem de ter uma mensagem muito estável. Se tem uma a cada dia que passa, uma anula a outra”, afirmou Marques Mendes.

O comentador sugeriu, por isso, que Rui Rio deve fazer três coisas nesta fase de pré-campanha. “Deve concentrar-se com o seu principal adversário: António Costa. Tem de ter uma ideia central, e essa é a ideia de mudança, tem de entrar na cabeça das pessoas e, para isso, ser repetido à exaustão. E deve focar-se na ideia de mudança com a redução de impostos”, acrescentou, porque é uma ideia que chega a todos.

Já o CDS, de Cristas, Marques Mendes afirmou que se encontra “num beco ainda mais complexo do que o PSD”. Quanto ao Bloco de Esquerda, Marques Mendes diz que o objetivo do partido é “clarinho”. “Quer ir para o Governo”, sublinha. “O discurso está centrado em duas novas ideias: contas certas e estabilidade. (…) Catarina Martins vai fazer uma campanha anti-maioria absoluta“.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Marques Mendes: “Costa ganha votos e credibilidade com uma crítica de José Sócrates”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião