Apesar das tensões comerciais, economia dos EUA cresceu a um ritmo moderado, diz Fed

A Reserva Federal dos Estados Unidos concluiu que, apesar dos receios à volta das tensões comerciais, a economia norte-americana cresceu a um ritmo moderado ao longo do verão.

A economia norte-americana cresceu a um ritmo moderado nos meses de verão, apesar das crescentes preocupações à volta das tensões comerciais entre as duas maiores economias do mundo. As conclusões são do Livro Bege da Reserva Federal dos Estados Unidos (Fed), publicado esta quarta-feira, que conclui ainda que a indústria norte-americana foi afetada por uma desaceleração mundial.

Quase todos os 12 distritos da Fed observaram um crescimento moderado entre junho e agosto, refere a instituição liderada por Jerome Powell, citada pela Reuters (conteúdo em inglês). “Embora as preocupações com as tarifas e a incerteza nas políticas comerciais continuem, a maioria das empresas permaneceu otimista em relação às perspetivas de curto prazo.”

O banco central referiu ainda que o crescimento do emprego pareceu “moderado” nas últimas semanas, mantendo um ritmo “igual ao do período do relatório anterior”. Contudo, a atividade da indústria foi um pouco mais fraca do que no relatório anterior. Em termos de salários, o ritmo de crescimento foi também moderado.

Os conflitos comerciais nos Estados Unidos também estão a agravar os problemas enfrentados pelos agricultores, afirma o documento. “As condições agrícolas permaneceram fracas, resultado das condições climáticas desfavoráveis e das incertezas relacionadas com comércio”.

O relatório foi divulgado antes da reunião política do Fed de 17 e 18 de setembro, altura em que se espera que os banqueiros centrais reduzam as taxas de juros para combater a desaceleração económica.

Comentários ({{ total }})

Apesar das tensões comerciais, economia dos EUA cresceu a um ritmo moderado, diz Fed

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião