Artur Pereira volta à Web Summit. É o country manager para Portugal

Dois anos depois, o português volta a desempenhar funções de country manager da empresa para o mercado nacional.

Artur Pereira está de volta ao Web Summit. Dois anos depois, o português volta a ser country manager da empresa que organiza o maior evento de empreendedorismo e tecnologia, em Portugal, após um período afastado da organização.

A novidade foi partilhada pelo CEO do Web Summit, Paddy Cosgrave, a partir da sua conta de Twitter.

Artur Pereira já tinha estado na organização como country manager para Portugal e, em 2017, saiu da Web Summit para integrar a Cisco. Há duas semanas voltou à empresa, em vésperas daquela que será a quarta edição do evento no nosso país.

Em 2016, o Web Summit, fundado na Irlanda anos antes, mudou-se para Lisboa com um acordo de três anos com outros dois de opção. Há um ano, a organização e o Governo anunciaram que o evento deverá realizar-se em Lisboa nos próximos dez anos, ou seja, até 2028. Este ano, o Web Summit decorre entre 4 e 7 de novembro, na FIL e no Altice Arena. A organização espera a participação de mais de 70 mil pessoas vindas de mais de uma centena e meia de países de todo o mundo.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Artur Pereira volta à Web Summit. É o country manager para Portugal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião