Marcelo indigita Costa como primeiro-ministro

O Presidente da República indigitou esta terça-feira António Costa como primeiro-ministro. A decisão foi tomada no dia em que foram ouvidos os dez partidos com assento parlamentar.

O Presidente da República indigitou esta terça-feira António Costa como primeiro-ministro, depois de o PS ter vencido as legislativas de domingo, embora sem maioria. O líder socialista tem agora luz verde para começar a formar Governo.

“Na sequência das eleições parlamentares no passado domingo, 6 de outubro, ouvidos, nos termos constitucionais, os partidos agora representados na nova Assembleia da República, e tendo em conta os resultados eleitorais, o Presidente da República indigitou hoje o Dr. António Costa, Secretário-Geral do Partido Socialista, como Primeiro-Ministro do XXII Governo Constitucional”, pode ler-se na nota da Presidência.

“Depois de publicados os resultados finais oficiais das eleições, seguir-se-á a primeira reunião do novo Parlamento e a nomeação e posse do Governo e, no prazo máximo de dez dias após a nomeação, a submissão do programa do Governo à apreciação da Assembleia da República”, acrescenta.

O Chefe de Estado teve pressa em ouvir os partidos e não esperou pelo apuramento dos resultados gerais das eleições de domingo. Falta conhecer como ficaram distribuídos os quatro lugares de deputado escolhidos através dos círculos eleitorais da Europa e de fora da Europa.

Apesar de o PS ter ficado aquém da maioria, a urgência de Marcelo não teve a ver com a falta de apoio parlamentar do Governo, mas sim com o facto de a 17 e 18 de outubro se realizar uma reunião do Conselho Europeu sobre o Brexit. Marcelo quer que Costa conheça as posições dos dez partidos que conseguiram assento parlamentar.

Depois de indigitado, António Costa vai ouvir na quarta-feira os partidos com quem fazer uma geringonça alargada: Bloco de Esquerda, PCP, PAN, Verdes e Livre. O objetivo é construir uma base de entendimento que garanta estabilidade governativa para os próximos quatro anos.

(Notícia atualizada)

Comentários ({{ total }})

Marcelo indigita Costa como primeiro-ministro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião