Vinte e quatro novos eurodeputados estrearam-se no Parlamento Europeu após ‘Brexit’

  • Lusa
  • 10 Fevereiro 2020

Esta segunda-feira estrearam-se no Parlamento Europeu, vinte e quatro eurodeputados, de um total de 27 novos que vão substituir os eleitos do Reino Unido após o Brexit.

Vinte e quatro eurodeputados, de um total de 27 novos que vão substituir os eleitos do Reino Unido após o Brexit, estrearam-se esta segunda-feira na sessão plenária do Parlamento Europeu, na cidade francesa de Estrasburgo.

“Na sequência da saída do Reino Unido da UE, a 31 de janeiro de 2020, as autoridades competentes de 13 Estados-membros apresentaram a notificação da eleição de 24 eurodeputados, cujo mandato entra em vigor a partir de 1 de fevereiro de 2020 ”, anunciou a vice-presidente do Parlamento Europeu Mairead McGuinness, no arranque da sessão plenária da assembleia europeia.

A estes eurodeputados vão juntar-se três eurodeputados da Holanda, país que “ainda não finalizou o processo” de seleção, mas que vai escolher três eleitos, explicou fonte europeia à agência Lusa.

Ao todo, 73 eurodeputados britânicos deixaram o Parlamento Europeu no passado dia 31 de janeiro, aquando da saída do Reino Unido da UE, sendo agora substituídos por 27 eleitos de França, Espanha, Finlândia, Irlanda, Itália, Suécia, Croácia, Eslováquia, Roménia, Dinamarca, Polónia, Estónia, Áustria e Holanda.

“Gostaria de dar as boas-vindas aos novos membros”, adiantou Mairead McGuinness no arranque dos trabalhos. A sessão plenária do Parlamento Europeu decorre até quinta-feira.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Vinte e quatro novos eurodeputados estrearam-se no Parlamento Europeu após ‘Brexit’

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião