Landing.jobs levanta 2 milhões de euros. Prepara mudanças na empresa e no mercado de trabalho

Series A foi assegurada pelo grupo português LC Ventures e pelo investidor alemão Jacobo UG Investment suportado pelo Fundo 200M, gerido pela PME Investimentos.

Pedro Oliveira e José Paiva, cofundadores da Landing.jobs.Afonso Castella/Luma Visual Experience

A Landing.Jobs levantou dois milhões de euros em Series A, anunciou a empresa em comunicado. A ronda é feita em conjunto, entre o grupo português LC Ventures e pelo investidor alemão Jacobo UG Investment suportado pelo Fundo 200M, gerido pela PME Investimentos.

Esta é a segunda vez que a LC Ventures investe na startup portuguesa depois de, em 2015, ter participado numa ronda de 750 mil euros liderada pela Portugal Ventures, que entretanto fez exit da companhia.

A ronda de investimento vai servir para lançar a Future.Works Lisbon Tech Conference 2020, que decorre entre 29 e 30 de maio, em Lisboa, e vai juntar a comunidade à volta do melhor conteúdo tech, com workshops, networking e oportunidades para prever e preparar os futuros do mercado de trabalho, e ainda para assegurar a mudança de escritório da Landing.jobs que, desde o início do ano, já está sediada na Rua Braamcamp, em Lisboa.

“Não ficam por aqui as revoluções a sair da Landing.jobs para o mundo. A tecnologia vai revolucionar, e muito, a forma como trabalhamos. E a Landing.Jobs vai ser o instrumento para revolucionar milhares de carreiras e futuros”, diz Pedro Oliveira, cofundador da startup, numa referência à localização do novo escritório que entrou para a história por ter feito dos cravos o instrumento da revolução 25 de abril.

Fundada por José Paiva e Pedro Oliveira em 2016, a Landing.jobs é um marketplace de talento tech que faz o match entre os profissionais de tecnologia e ofertas de empresas internacionais e já mudou a forma como mais de 3.000 pessoas no mercado tech encontraram trabalho. Nos planos da startup está continuar a colocar Portugal como centro tech da Europa e um dos centros mundiais do remote working. A startup já ajudou a estabelecer dezenas de remote tech teams de empresas internacionais como a Sky, Daimler e Volkswagen.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Landing.jobs levanta 2 milhões de euros. Prepara mudanças na empresa e no mercado de trabalho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião