Universidade Católica de Lisboa suspende aulas presenciais. Colégios fecham

A Universidade Católica de Lisboa suspendeu esta quarta-feira as atividades letivas, como forma de prevenção do Covid-19. Escola Ave Maria, em Alcântara, e Colégio de São Tomás encerraram.

A Universidade Católica Portuguesa suspendeu esta quarta-feira as aulas presenciais na sede de Lisboa, até dia 30 de março. Em comunicado, o estabelecimento de ensino privado português refere que será adotado o “modelo online”.

“São suspensas as aulas presenciais até ao dia 30 de março e transferidas para modelo online. As Faculdades comunicarão oportunamente as medidas adotadas para a substituição da lecionação. É encerrada para atendimento ao público a Biblioteca Universitária, pelo mesmo período e mantêm-se todas as outras medidas restritivas entretanto adotadas”, nota a Universidade Católica em comunicado.

Esta semana tinham sido já canceladas as atividades letivas das Universidades do Minho, Coimbra, Lisboa, da Universidade Lusófona, além da Escola Superior de Tecnologia e Gestão.

Colégios também fecham portas

Após a suspensão das atividades letivas e não letivas do Colégio S. João de Brito, em Lisboa, a Escola Ave Maria também suprimiu todas as atividades a partir de 12 de março. A decisão foi tomada após um pai de um aluno ter estado em contacto com uma pessoa infetada com o Covid-19, apesar de “nem ele nem a restante família manifestaram, até ao momento, quaisquer sintomas”, informa a Escola em comunicado.

“Contudo, ainda que não tenha sido diagnosticada qualquer infeção associada ao Covid-19, nos elementos da nossa comunidade educativa, a Escola Ave Maria, dado o evoluir da situação no nosso país, por precaução, decidiu suspender as atividades letivas e não letivas a partir de amanhã, dia 12 de março“, refere a escola em comunicado.

Os colégios de São Tomás, O Nosso Jardim, Salesianos de Lisboa e Fomento, que inclui as escolas de Planalto, Mira Rio, Cedros e Horizonte, também suspenderam por tempo indeterminado as atividades letivas, segundo avançou o Observador. No Colégio de São Tomás, em Lisboa, a decisão surge após um familiar de um aluno ter confirmado a infeção pelo vírus. Já no Colégio O Nosso Jardim, na Lapa, a medida foi implementada depois de um pai de alunos estar infetado com o Covid-19.

No colégio dos Salesianos de Lisboa a suspensão começa a partir de quinta-feira, dia 12 de março. Segundo o Observador, a situação é de “caos” no colégio lisboeta apesar de até ao momento não existirem casos suspeitos de infeção.

Uma turma da Escola Secundária Pedro Nunes, em Lisboa, foi mandada para casa durante a manhã desta quarta-feira, após a mãe de uma aluna ter sido confirmada com a infeção, segundo avançou o Expresso. Apesar de a jovem não apresentar sintomas, a escola optou por tomar medidas preventivas. Ainda assim, para as restantes turmas, as atividades letivas decorrem normalmente.

(Notícia atualizada às 15h16)

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Universidade Católica de Lisboa suspende aulas presenciais. Colégios fecham

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião