Fronteiras com Espanha encerram às 23h00. Ficam fechadas durante um mês por causa do vírus

Eduardo Cabrita, ministro da Administração Interna, anunciou que as fronteiras terrestres com Espanha vão ser repostas a partir das 23h00 portuguesas.

Eduardo Cabrita, ministro da Administração Interna, anunciou que as fronteiras terrestres com Espanha vão ser repostas. A partir das 23h00 portuguesas passará a ser feito o controlo sanitário, ficando encerradas as fronteiras durante um mês. Tudo por causa do surto do coronavírus, que já infetou mais de 300 pessoas e fez uma vítima mortal em Portugal.

“Serão repostos os controlos que se traduzirão no funcionamento exclusivamente de nove pontos de fronteira. Nestes nove pontos de fronteira apenas será autorizada veículos de mercadoria de cidadãos nacionais ou de cidadão nacionais ou de residentes em Portugal no sentido Espanha-Portugal tal como de cidadão espanhóis ou de residentes em Espanha no sentido contrário, pessoal diplomático, casos de reunião familiar nas zonas fronteiriças, acesso a centros de saúde ou a saída de cidadãos estrangeiros”, disse.

Isto quer dizer que “todas as deslocações que não sejam de mercadorias ou de trabalho estão a partir desta noite impedidas. Todas as circulações turísticas ou de lazer estão impedidas“, reforçou o ministro.

Os únicos pontos de fronteira autorizados são: a ligação Valença-Tui, Vila Verde da Raia-Verin, perto de Chaves, Quintanilha-San Vitero, perto de Bragança, Vilar Formoso, Termas de Monfortinho, Marvão, Caia-Badajoz, Vila Verde de Ficalho-Rosal de la Frontera e a ligação de Castro Marim entre Vila Real de Santo António-Ayamonte.

Portugal repôs o controlo das suas fronteiras internas por mais duas vezes desde o “Euro 2004”: em 2010 durante a cimeira da Nato, realizada em Lisboa e em 2017, entre a meia-noite de 10 de Maio e a meia-noite de 14 de maio, por ocasião da visita do Papa.

Eduardo Cabrita adiantou ainda que será suspenso o tráfego aéreo entre os dois países a partir do final do dia de hoje. “A partir de hoje não teremos voos entre os aeroportos nacionais e aeroportos espanhóis“, disse.

Também vai ser suspensa a ligação ferroviária, tal como as duas ligações fluviais regulares que existem, uma no Minho e outra no Algarve.

Adicionalmente não será permitido a titulares de embarcações de recreio de um país atracarem em marinas ou pontos similares no outro país.

As medidas irão vigorar por um mês, até dia 15 de abril, isto é até ao dia a seguir à Páscoa.

(Notícia atualizada às 16h25)

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Fronteiras com Espanha encerram às 23h00. Ficam fechadas durante um mês por causa do vírus

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião