Amazon contrata mais 100 mil trabalhadores para responder à procura devido ao coronavírus

A lidar com uma subida nas compras online, a Amazon anunciou também que irá aumentar os salários dos trabalhadores de armazém e entregas.

Com o surto do novo coronavírus, muita gente começou a trabalhar a partir de casa ou teve mesmo de ficar em quarentena. Para quem quer evitar sair, a alternativa são as compras online. A Amazon está a planear contratar mais 100 mil funcionários para os armazéns e entregas, numa altura em que regista um aumento no número de encomendas.

Para preencher as vagas, a empresa liderada por Jeff Bezos incentivou funcionários de outros setores cujos empregos foram “perdidos ou concedidos” como resultado do coronavírus, nomeadamente trabalhadores das indústrias de hotelaria, restaurantes e viagens, a candidatarem-se, avança a CNBC (acesso livre, conteúdo em inglês).

A empresa anunciou também que irá aumentar os salários dos trabalhadores de armazém e entregas da equipa atual em dois dólares por hora nos EUA, duas libras por hora no Reino Unido e aproximadamente dois euros por hora em muitos países da União Europeia, até o final de abril.

Com este aumento na procura, a Amazon alertou que não tinham stock de algumas marcas que ofereciam “artigos básicos”, avisando também que o tempo de entrega das encomendas poderia ser mais longo do que o habitual.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Amazon contrata mais 100 mil trabalhadores para responder à procura devido ao coronavírus

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião