CRS Advogados lança site de dúvidas jurídicas sobre Covid-19

A sociedade de advogados CRS lançou um site, SOS Legal Coronavirus, que pretende dar resposta a todas as dúvidas jurídicas dos cidadãos, em contexto Covid-19.

A sociedade CRS Advogados – Cruz, Roque, Semião & Associados lançou o site SOS Legal Coronavirus para dar resposta a todas as dúvidas jurídicas que se colocam atualmente a cidadãos e empresas em virtude da pandemia. A plataforma agrega as informações necessárias, desde a legislação publicada, assim como, artigos e vídeos informativos que têm realizado com os seus advogados.

“Neste momento de crise, a CRS Advogados assume o seu dever de defender os direitos dos cidadãos e das empresas, contribuindo responsavelmente para o combate a esta pandemia. Como sempre, os nossos clientes, amigos e parceiros podem contar connosco para encontrar as melhores soluções para os seus problemas”, nota Nuno Pereira da Cruz, managing partner da CRS.

O ECO também lançou a semana passada o espaço SOSeconomia que tem respondido às dúvidas laborais dos leitores, em contexto coronavírus.

Se tiver estas e outras dúvidas envie-nos um email para este endereço soseconomia@eco.pt e nós, com base em informação disponibilizada pelo Governo, e em parceria com estas nove sociedades de advogados — PLMJ, CMS Rui Pena & Arnaut, SRS, Abreu Advogados, CRS Advogados, PRA, Miranda, JPAB e Macedo Vitorino– vamos procurar responder.

As informações e esclarecimentos apresentados não dispensam nem substituem a necessidade de aconselhamento jurídico específico. Aos advogados parceiros desta iniciativa são apresentadas situações em que os nomes dos intervenientes não são referidos de forma a que não se consiga identificar empresas ou organizações.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

CRS Advogados lança site de dúvidas jurídicas sobre Covid-19

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião