Airbnb angaria mil milhões de dólares. Reforça fundo para ajudar proprietários

O Airbnb angariou mil milhões de dólares numa operação de dívida e capital encabeçada pelos fundos Silver Lake e Sixth Street Partnes. A empresa está em dificuldades por causa da pandemia.

O Airbnb angariou mil milhões de dólares numa ronda de investimento liderada pelo fundo de private equity Silver Lake e pelo grupo Sixth Street Partners. A operação combinada de dívida e capital acontece num momento crítico para a maior plataforma de alojamento local do mundo, que enfrenta dificuldades em todos os mercados devido à pandemia do novo coronavírus.

“Este investimento estratégico vai ajudar a reforçar a comunidade global de proprietários e hóspedes do Airbnb, que promovem experiências únicas, locais e autênticas em mais de 220 países e regiões”, considera a empresa num comunicado. Os “recursos irão servir para “investir a longo prazo na comunidade de anfitriões” e para “servir todos os parceiros” da empresa, justifica a plataforma.

Desde logo, cinco milhões de dólares serão alocados a um fundo que apoia financeiramente os principais proprietários do Airbnb — os chamados “Superhosts”. Este fundo combina 15 milhões de dólares para ajudar os proprietários que, de um momento para o outro, viram a taxa de ocupação afundar e perderam rendimentos, e que necessitam de ajuda para pagar a renda ou empréstimos, entre outras situações.

O Airbnb não deu mais detalhes sobre os termos acordados no âmbito deste investimento. O The Wall Street Journal (acesso pago) recorda que a empresa foi avaliada em 31 mil milhões de dólares na última operação deste género.

2020 é o ano definido pela empresa para entrar na bolsa através de uma operação de direct listing, que não implica a emissão de novas ações. No entanto, face às dificuldades provocadas pela pandemia do Covid-19, que levou as receitas da empresa a afundarem a dois dígitos em alguns dos principais mercados, o Airbnb estará a considerar agora realizar um IPO (oferta pública inicial, com emissão e venda de novas ações) para obter novos fundos.

Em fevereiro, novos dados sobre o estado financeiro da companhia puseram a descoberto um prejuízo de 322 milhões de dólares entre janeiro e setembro de 2019. Este resultado compara com os lucros de 200 milhões obtidos no mesmo período de 2018.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Airbnb angaria mil milhões de dólares. Reforça fundo para ajudar proprietários

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião