Europa ignora queda do petróleo. Galp salva bolsa de Lisboa

As bolsas europeias estão a recuperar e os ganhos na Galp Energia estão a impedir que a praça portuguesa passe para terreno negativo. Isto apesar de o petróleo estar a cair a dois dígitos em Londres.

As bolsas europeias estão a recuperar das perdas da última sessão, apesar de os preços do petróleo continuarem sob pressão nos mercados internacionais. A praça portuguesa segue pouco alterada, “salva” pela recuperação da Galp Energia.

Numa altura em que o Stoxx 600 recupera 0,40%, o alemão DAX destaca-se com uma valorização de 1,2%. O francês CAC-40 ganha 0,2% e o espanhol IBEX sobe 0,7%. Enquanto isso, o português PSI-20 tem oscilado entre ganhos e perdas ligeiras, mas está agora a cotar em cerca de 4.046 pontos, uma recuperação de 0,27%.

A banca destaca-se na sessão, com o BCP a ganhar 1,09%, para 9,3 cêntimos, mas a cotar ainda abaixo da fasquia psicológica dos 10 cêntimos por ação. A contribuir para a bolsa portuguesa está ainda a recuperação de 0,92% da EDP e de 0,19% da EDP Renováveis.

Penalizada nas últimas semanas pela queda dos preços do petróleo, a volatilidade está a afetar os títulos da Galp Energia, que arrancaram a cotar em “terreno” negativo mas estão agora a recuperar 0,64%, para 9,134 euros. A valorização está a impedir a bolsa de Lisboa de negociar abaixo da linha de água.

Esta recuperação dos títulos da petrolífera acontece mesmo perante a desvalorização acentuada dos preços do petróleo, que continuam em queda livre nos mercados internacionais. O Brent perde 12,83%, para 16,85 dólares, enquanto o WTI para entrega em junho cai 8,99%, para 10,53 dólares, depois de terem expirado os futuros para entrega em maio, que ficam para a história por terem tocado um mínimo histórico de -40 dólares na segunda-feira.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Europa ignora queda do petróleo. Galp salva bolsa de Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião