EDP comanda ganhos em Lisboa. Europa recupera com otimismo sobre EUA/China

As bolsas europeias negoceiam em terreno positivo, alavancadas pela implementação do acordo comercial entre EUA e China. Em Lisboa, os investidores reagem positivamente aos lucros da EDP.

Os investidores entraram na última sessão da semana com um sentimento positivo, depois de uma agência estatal chinesa ter noticiado uma chamada telefónica de alto nível entre EUA e China, na qual representantes dos dois países se comprometeram a implementar o acordo comercial já alcançado e a reforçar a cooperação em áreas como a economia e a saúde pública.

Neste contexto, o Stoxx 600 sobe 0,8%, enquanto o francês CAC-40 ganha 0,79% e o espanhol IBEX soma 1,08%. O alemão DAX regista uma subida 1,17%, mesmo depois de a Alemanha ter revelado que as exportações afundaram 11,8% em março, um valor superior ao que era estimado pelos analistas. Em Lisboa, o PSI-20 segue a tendência das congéneres europeias e cresce 1,06%, para 4.265,48 pontos.

A comandar os ganhos no principal índice português estão as ações da EDP. Os títulos valorizam 5,40%, para 4,10 euros, reagindo à divulgação de lucros de 146 milhões de euros no primeiro trimestre, uma subida de 45% em termos homólogos. Além disso, António Mexia, presidente executivo da elétrica nacional, mostrou-se confiante em lucros de 800 milhões no ano completo de 2020, apesar da pandemia.

EDP valoriza na bolsa de Lisboa

Também a EDP Renováveis beneficia de ganhos e sobe 1,08%, para 11,22 euros por ação. Nos resultados do trimestre, conhecidos esta quinta-feira, a empresa liderada por João Manso Neto apresentou também um crescimento ligeiro dos lucros, para 62 milhões, apesar de a produção de energia ter caído 8% no período.

Ainda no setor energético, a Galp Energia puxa pela bolsa de Lisboa com um ganho de 1,01%, para 10,485 euros por ação. Noutros setores, o banco BCP avança 0,42%, os CTT somam 0,72% e a Corticeira Amorim valoriza 2,35%. A operadora Nos também contribui, somando 0,70%, para 3,45 euros. Em sentido inverso, somente uma cotada está a negociar no vermelho. Trata-se da Jerónimo Martins, cujos títulos recuam 0,19%, para 15,475 euros.

(Notícia atualizada às 10h00 com a valorização da EDP)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

EDP comanda ganhos em Lisboa. Europa recupera com otimismo sobre EUA/China

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião