BCP cai 2% após resultados e dita perdas em Lisboa

Bolsa de Lisboa cai pela primeira vez em quatro sessões. Depois de ter apresentado uma queda de 77% dos lucros no primeiro trimestre, o BCP desvaloriza quase 2%.

O mau desempenho do BCP está a pressionar a negociação em Lisboa. O banco anunciou esta terça-feira uma queda de 77% dos lucros por causa da pandemia. As ações recuam quase 2% e levam a praça nacional a registar as primeiras perdas em quatro sessões.

O PSI-20, o principal índice português, perde 0,44% para 4.163,33 pontos, com 13 cotadas a negociarem abaixo da linha de água.

Destaque para as ações do banco liderado por Miguel Maya: perdem 1,85% para 0,09 euros, isto um dia depois de ter anunciado uma diminuição dos lucros no primeiro trimestre para 35 milhões de euros. O BCP fez uma provisão de 78,8 milhões de euros para fazer face à crise provocada pelo coronavírus.

Entre os “pesos pesados”, destaque ainda para o setor da energia: a Galp cai 0,24% para 10,41 euros e a EDP cede 0,27% para 4,066 euros. Esta terça-feira, o fundo ativista de Paul Singer, o Elliot, anunciou que deixou de ter uma participação qualificada na elétrica portuguesa, passando a deter 1,91% do capital.

O pior desempenho pertence à Sonae. A dona do Continente recua 2,17% para 0,655 euros, antes de apresentar contas. Os analistas do CaixaBank/BPI antecipam um prejuízo de sete milhões no primeiro trimestre. A outra retalhista da bolsa, a Jerónimo Martins, soma 0,17% para 14,51 euros.

Sonae perde 2% antes de apresentar contas

Entre os pares europeus, o dia também arrancou com algum pessimismo entre os investidores, refletindo um pouco o mau momento vivido no final da sessão de Wall Street. O índice Stoxx 600, composto pelas 600 principais cotadas na Europa, cede 0,4%. O CAC-40 de Paris e o DAX-30 de Frankfurt perdem ambos 0,5% e o madrileno IBEX-35 cai 0,3%.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BCP cai 2% após resultados e dita perdas em Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião