Quercus quer fundo de 500 milhões para apoiar 66 mil famílias a instalar painéis solares

Para a Quercus este pacote financeiro será fundamental para combater a pobreza energética, num país onde o preço de energia é dos mais altos da Europa.

A Quercus propõe ao governo um pacote financeiro de 500 milhões de euros para os próximos três anos. O objetivo é que cerca de 66 mil famílias comecem a receber um apoio direto para comprar e instalar equipamentos solares fotovoltaicos nas suas habitações.

A Quercus recorda que o modelo de produção de energia para autoconsumo, através de painéis fotovoltaicos, necessita de uma revisão legislativa urgente, de modo a ser mais favorável às famílias, para assim poder contribuir de forma mais significativa para a redução da fatura energética dos consumidores e, ao mesmo tempo, para a redução de gases com efeito de estufa e a independência energética do país”, explica a associação em comunicado.

A Associação Nacional de Conservação da Natureza alerta que atualmente o consumidor não paga apenas a energia que consome, uma vez que mais de 40% do valor total da fatura corresponde a outros custos do sistema e mais de 20% corresponde a impostos, incluindo o IVA. No final das contas apenas pouco mais de um terço da fatura de eletricidade corresponde ao custo da produção energética.

A Quecus explica que este pacote de 500 milhões de euros poderá ser incluído no Plano de Recuperação Económica que o governo está a preparar com a coordenação de António Costa Silva. “Desta forma, será possível ajudar a combater a pobreza energética, num país onde o preço de energia é dos mais altos da Europa (o segundo mais elevado, se considerarmos o poder de compra)”, explica a associação.

Com este pacote financeiro, a Quercus propõe uma ajuda de 80% a fundo perdido para investimentos médios de cerca de 7.500 euros (com IVA incluído), destinado a edifícios residenciais e a edifícios de micro e pequenas empresas, com uma potência média de 5 kW por instalação.

A Associação Nacional de Conservação da Natureza considera que esta medida ajudará a acelerar a descarbonização da economia e ao mesmo tempo permitirá às famílias poupar na fatura da eletricidade, com impactos diretos e duradouros na sua economia, assim como na das pequenas e microempresas.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Quercus quer fundo de 500 milhões para apoiar 66 mil famílias a instalar painéis solares

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião