Filipa Drumond é a nova diretora de recursos humanos da Cimpor

Deixa o setor farmacêutico, no grupo Tecnimede, onde desempenhava a mesma função desde 2006, para ajudar a cimenteira a preparar-se para os desafios do futuro.

A Cimpor nomeou Filipa Drumond, ex-diretora de recursos humanos do grupo privado de empresas farmacêuticas Tecnimede, para dirigir o departamento de recursos humanos da empresa.

Com mais de 20 anos de experiência na área dos recursos humanos, Filipa Drumond foi responsável pela gestão de pessoas do Grupo Tecnimede desde 2006.

“Sendo a Cimpor, reconhecidamente, uma das empresas que carrega internacionalmente a bandeira de Portugal, é um privilégio poder ajudar uma casa cheia de história, a planear o futuro. O setor cimenteiro, em geral, e a Cimpor, em particular, têm estado em profunda mutação e os desafios que enfrenta para garantir a sua sustentabilidade, quer a nível social, quer económico, quer ambiental, tornam este projeto ainda mais especial”, sublinha a nova diretora de recursos humanos, citada em comunicado.

No seu percurso profissional passou por empresas como a LCC International Money Transfer e pela Sacoor Brothers, acumulando experiência nos setores de consultoria, serviços e retalho. É licenciada em psicologia social e das organizações pela Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Filipa Drumond é a nova diretora de recursos humanos da Cimpor

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião