Galp afunda 5% após prejuízos e arrasta bolsa de Lisboa

As ações da petrolífera lideraram as perdas na bolsa de Lisboa que não conseguiu acompanhar o sentimento positivo das pares europeias.

O vermelho “inundou” a bolsa nacional na última sessão, com a Galp Energia a arrastar o índice PSI-20 para perdas de mais de 1%. As ações da petrolífera tombaram 5%, com os investidores a reagirem negativamente aos prejuízos do primeiro semestre apresentados na segunda-feira.

O PSI-20 desvalorizou 1,01% para os 4.407,4 pontos, com dez títulos no vermelho, sete em alta e um inalterado: a Sonae Capital, nos 49,1 cêntimos. Lisboa contrariou o sentimento positivo das pares europeias. O Stoxx 600, índice que agrega as 600 principais capitalizações bolsistas europeias, valorizou 0,47%.

Por Lisboa, a Galp Energia foi o principal fator de pressão. As ações da petrolífera mergulharam 5,3%, para os 9,58 euros, naquele que foi o pior registo diário dos últimos três meses. Mais em específico desde a sessão de 21 de abril.

Os investidores castigaram o título após a empresa petrolífera ter anunciado que os prejuízos de 22 milhões de euros registados no primeiro semestre do ano em resultado das “fracas condições de mercado” determinaram a suspensão do pagamento de dividendos intercalares. No rescaldo do anúncio, as ações da petrolífera viram o preço-alvo ser revisto em baixa por dois bancos de investimento.

Entre as maiores quebras da sessão, destaque também para a Nos. As ações da operadora recuaram 3,71%, para os 3,84 euros, corrigindo após os fortes ganhos do final da semana passada que se seguiram a resultados acima do esperado.

No mesmo sentido, referência ainda para a queda de 1,61%, para os 61,30 cêntimos das ações da Sonae, bem como para a descida de 1,46%, para os 2,156 euros, dos títulos da Navigator que apresenta as contas do primeiro semestre após o fecho.

Também o BCP apresenta o balanço das suas contas da primeira metade do ano esta terça-feira, mas o rumo das suas ações foi positivo. O título valorizou 0,69%, para os 10,16 cêntimos.

(Notícia atualizada pela última vez às 17h01)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Galp afunda 5% após prejuízos e arrasta bolsa de Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião