Abreu Advogados assessora Fundo de Inovação Social em coinvestimento na WCHRS

A Abreu Advogados assessorou a PME Investimentos em coinvestimento na sociedade comercial portuguesa WCHRS. A coordenação ficou a cargo pela sócia e responsável da área de M&A, Ana Sofia Batista.

A Abreu Advogados assessorou a PME Investimentos, através do seu Fundo de Inovação Social (FIS), em coinvestimento na sociedade comercial portuguesa WCHRS.

A operação foi coordenada pela sócia e responsável da área de M&A da Abreu Advogados, Ana Sofia Batista, com a participação do sócio contratado Rodrigo Formigal e o associado sénior André Modesto Pinheiro.

Os co-investidores da transação são a Regenerative Investment LLC, a BOMA Investments LLC e o Fundo Bem Comum, FCR.

O Fundo para a Inovação Social é um instrumento de política pública que visa dinamizar o investimento de impacto em Portugal, atuando em áreas com forte potencial de inovação, na reposta a necessidades societais não satisfeitas, alinhando-se com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.

A WCHRS opera na prestação de serviços de informação, nomeadamente de acesso a plataformas e redes sociais para pessoas e organizações com o foco na área de impacto social e ambiental. São seus representantes legais: Duarte Ivens Ferraz, Bela Morais de Melo Ribeiro, Maria Pereira Rodrigues Ferreira da Silva Melo Ribeiro e Bernardo Figueiredo Janson.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Abreu Advogados assessora Fundo de Inovação Social em coinvestimento na WCHRS

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião