Morais Leitão participa na aquisição do Idealista

A Morais Leitão, em colaboração com a Allen & Overy em Madrid, assessorou o fundo de investimento EQT IX Investments S.à r.l. na compra à Apax Partners das várias sociedades do grupo Idealista.

A Morais Leitão, em colaboração com a Allen & Overy em Madrid, assessorou o fundo de investimento EQT IX Investments S.à r.l. na compra à Apax Partners das várias sociedades do grupo Idealista em Espanha, Portugal e Itália que valoriza o grupo em 1.300 milhões.

A equipa multidisciplinar da Morais Leitão, liderada pela advogada sénior Diana Ribeiro Duarte, incluiu ainda os associados Rute Carvalho da Silva e Lourenço Limão Oliveira, sendo ainda de destacar a associada Inês Cabral Ferreira, na vertente de direito do trabalho, e Maria Luísa Cyrne, na vertente da proteção de dados e propriedade intelectual. A equipa de antitrust e concorrência contou com o sócio Gonçalo Machado Borges.

A Allen & Overy Madrid e a Allen & Overy Itália prestaram assessoria jurídica ao fundo de investimento EQT IX Investments S.à r.l. nas jurisdições espanhola e italiana, respetivamente.

A EQT Partners, com 25 anos de história, é uma empresa de investimento global com mais de 62 mil milhões em capital e 40 mil milhões em ativos sob gestão em 19 fundos. A EQT tem um histórico comprovado de desempenho de investimento atraente e consistente em várias setores, estratégias e países na Europa, Ásia-Pacífico, Estados Unidos e Canadá.

O grupo Idealista é reconhecido pelas plataformas online de classificados de imóveis em Portugal, Espanha e Itália.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Morais Leitão participa na aquisição do Idealista

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião