Deutsche Bank vai fechar 20% dos balcões na Alemanha

  • ECO
  • 22 Setembro 2020

Maior banco alemão prevê encerrar cerca de 100 balcões depois de a pandemia ter acelerado mudanças nos hábitos dos clientes.

O Deutsche Bank está a preparar-se para eliminar uma em cada cinco agências na Alemanha, em virtude do impacto da pandemia de Covid-19 que fez desencadear um “salto de digitalização” nos clientes bancários.

O maior banco na Alemanha, que procurar regressar aos lucros, anunciou esta terça-feira que deverá encerrar cerca de 100 balcões no país, num processo no final do qual passará a ter aproximadamente 400 balcões.

“No que diz respeito a oferecer conselhos [aos nossos clientes], a agência não é mais o único nem o local-chave [hoje em dia]. Assim, iremos otimizar ainda mais nossa rede de agências”, explicou o diretor de negócio de retalho do banco, Philipp Gossow, num e-amil enviado aos trabalhadores e citado pelo Financial Times (conteúdo em inglês/acesso pago).

O rival Commerzbank já tinha anunciado durante o verão passado que não iria reabrir cerca de 200 balcões que foram encerrados durante a pandemia.

O Deutsche Bank tem em curso um processo de reestruturação desde o ano passado, que envolve a redução parcial das atividades de banca de investimento. Mais de 18 mil postos de trabalho serão eliminados até 2022.

A nova vaga de fecho de balcões vai implicar a eliminação de um número indeterminado de postos de trabalho que irão contribuir para a meta do banco nos próximos dois anos.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Deutsche Bank vai fechar 20% dos balcões na Alemanha

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião