EDP Renováveis e Ellaktor fecham parceria para investir 1.000 milhões na Grécia

Há dois anos na Grécia, a EDP Renováveis fechou um acordo de parceria com a Ellaktor para o desenvolvimento de parques eólicos naquele país. Investimento poderá superar os mil milhões de euros.

A EDP Renováveis EDPR 1,44% fechou uma parceria estratégica com o grupo Ellaktor para o desenvolvimento de parques eólicos na Grécia, num acordo que prevê investimentos superiores a 1.000 milhões de euros.

Em comunicado, a Ellaktor, o maior grupo de infraestruturas naquele mercado, adianta que a parceria prevê a construção em conjunto de complexos de parques eólicos em várias zonas na Grécia, com capacidade total de 900 MW.

Na primeira fase de implementação da cooperação, as duas empresas avançarão com a aquisição e o desenvolvimento de dois parques eólicos que estão atualmente em desenvolvimento, com a capacidade máxima de 436,8 MW. As partes seguintes do acordo serão implementadas gradualmente. O grupo grego nota que o acordo com a EDP Renováveis para projetos com capacidade de cerca de 460 MW deverá ser concluído até ao início de 2021, “com o acerto dos detalhes técnicos individuais e a assinatura dos documentos finais da transação”.

“Através deste acordo forma-se uma forte aliança com dinâmicas e perspetivas de crescimento significativas, com o objetivo de desempenhar um papel de liderança na transição energética do país nos próximos anos”, refere a Ellaktor no comunicado enviado à bolsa grega.

“Com esta parceria, a EDP Renováveis tem acesso a ativos de qualidade já em desenvolvimento e ganha mais visibilidade e potencial de crescimento no mercado grego“, diz a empresa portuguesa que conta, atualmente, com “152 MW contratados em leilões eólicos recentes, com o início das operações marcado para 2021 e 2022”.

A Ellaktor acrescenta que se trata de uma cooperação que vai beneficiar ambas as empresas: “As duas partes ganham a oportunidade de combinar a significativa experiência e know-how que possuem no campo das fontes de energia renováveis”. Os gregos destacam ainda que o acordo formará “um veículo de negócios com uma forte base de capital e acesso aos mercados de capitais internacionais, garantindo a implementação harmoniosa deste programa de investimento verde.”

Citado no comunicado, o gestor da EDP Renováveis Spyridon Martinis sublinha que os dois anos de experiência na Grécia permitiram à empresa portuguesa confirmar o potencial do país nas energias renováveis. “Queremos assumir um papel de liderança na transição da economia para um modelo mais moderno, independente e amigo do ambiente“, disse Martinis.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

EDP Renováveis e Ellaktor fecham parceria para investir 1.000 milhões na Grécia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião