BCP e família EDP animam bolsa de Lisboa, Galp recua 1%

A bolsa portuguesa recupera das perdas da sessão anterior, com o BCP a ganhar quase 3% e a família EDP a puxar pela valorização do PSI-20. Mas a Galp está novamente em queda, perdendo cerca de 1%.

As bolsas europeias estão a ignorar a pressão vendedora observada nos mercados asiáticos, recuperando das quedas significativas da sessão anterior. Apesar dos receios quanto à nova variante do coronavírus descoberta no Reino Unido, a aprovação de estímulos orçamentais nos EUA está a dar ânimo aos mercados do Velho Continente.

Depois de uma abertura com ganhos ligeiros, os principais índices aceleraram. Enquanto o Stoxx 600 sobe 1,10%, o alemão DAX soma 1,27%, o francês CAC-40 avança 1,26%, o espanhol IBEX-35 valoriza 1,20% e o britânico FTSE 100 soma 0,38%. Em Portugal, o PSI-20 entrou na sessão a oscilar entre ganhos e perdas, mas está agora a subir 0,82%, para 4.696,07 pontos.

O BCP é a cotada que mais contribui para a valorização da praça nacional. O banco liderado por Miguel Maya avança 2,66&, para 11,97 cêntimos por ação. É também a empresa do PSI-20 que regista o melhor desempenho.

Mas a família EDP também da energia à bolsa. A EDP Renováveis soma 1,74%, para 20,50 euros, enquanto a EDP ganha 1,16%, para 4,902 euros.

Destaque também para os títulos da construtora Mota-Engil, que valorizam 1,02%, para 1,39 euros, ao mesmo tempo que a Ramada Investimentos, naquela que é a segunda sessão a cotar no principal índice português, vê agora ganhos, somando 0,22%, para 4,48 euros, depois do recuo expressivo da sessão anterior.

Em sentido inverso, depois de ter caído 5,76% na sessão anterior, a Galp Energia volta a cair na sessão desta terça-feira. A petrolífera perde 1,01%, para 8,194 euros, no contexto da decisão de encerrar a refinaria de Matosinhos, mas também devido à queda do Brent, que perde 1,67%, cotando nos 50,06 dólares por barril.

(Notícia atualizada às 9h38 com as cotações mais recentes)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BCP e família EDP animam bolsa de Lisboa, Galp recua 1%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião