Um a um, já lá vão sete ministros de Costa com Covid-19

Já sete ministros do Governo testaram positivo para a Covid-19, cinco dos quais este mês. Contas feitas, mais de um terço dos 19 ministros socialistas já contrariam a doença.

A pandemia do novo coronavírus não tem dado tréguas em Portugal, com o número de infeções, mas também de mortes, a dispararem para recordes sucessivos. E nem o Governo, responsável pela coordenação da resposta à crise sanitária, escapa ao vírus. Desde o início da pandemia, a Covid-19 já infetou sete ministros do Executivo socialista, sendo que pelo menos três apresentaram sintomas.

Numa altura em que a task-force responsável por delinear o plano de vacinação contra o novo coronavírus está a rever os critérios dos grupos prioritários, de modo a incluir as altas figuras do Estado e outros políticos no acesso prioritário à vacinação, nos últimos dias várias têm sido as “baixas” no Executivo devido à doença. Entretanto, esta segunda-feira, a ministra da Saúde anunciou que os titulares de órgãos de soberania vão começar a ser vacinados na próxima semana.

O último caso conhecido foi João Gomes Cravinho, ministro da Defesa, que testou positivo ao novo coronavírus este domingo. Dos setes governantes que contrariaram o vírus Sars-Cov-2, cinco foram infetados este mês. Contas feitas, mais de um terço (36,8%) dos 19 ministros socialistas já contrariam a doença.

Cravinho em confinamento e a “trabalhar à distância”

Portugal está a viver o momento mais grave da pandemia, sendo que em janeiro já foram batidos todos os recordes em termos de novos casos, óbitos e internamento. Nesse sentido, vários têm sido os “sustos” no Governo nos últimos dias. O ministro da Defesa, João Gomes Cravinho, é o mais recente membro do Executivo a contrariar a doença. Em comunicado, a tutela adiantou que o ministro se encontra “em confinamento, mantendo-se a trabalhar à distância”. Contando com ministros e secretários de Estado trata-se do oitavo membro do Governo infetado.

Ministra da Agricultura está assintomática

Dois dias antes, na sexta-feira, foi anunciado que a ministra da Agricultura também testou positivo à Covid-19. Em comunicado, o Ministério da Agricultura explicou que Maria do Céu Antunes encontra-se em confinamento domiciliário, não tendo “até ao momento apresentado quaisquer sintomas”. A governante preparava-se para viajar para Bruxelas para presidir ao Conselho de Agricultura e Pescas, pelo que este teste impediu a viagem. A ministra vai manter a sua agenda e trabalhar à distância, acrescenta a tutela.

Siza Vieira apresentou “alguns sintomas”, depois do contacto com Leão

Ainda na mesma semana, o Governo confirmou que o ministro de Estado da Economia e da Transição Digital tinha testado positivo para a Covid-19 depois de ter estado em contacto com o ministro da Finanças, que a 16 de janeiro também testou positivo. Pedro Siza Vieira, que estava já em isolamento profilático por causa do contacto com João Leão, apresentou “alguns sintomas, foi testado e o resultado acusou positivo”, revelou o ministério da Economia, na terça-feira passada.

Ministro das Finanças testa positivo, após reunião da Presidência Portuguesa da UE

A 16 de janeiro, o Executivo adiantou que o ministro das Finanças, João Leão, estava infetado com o novo coronavírus. Em comunicado, a tutela esclareceu que João Leão “está confinamento domiciliário, não tendo até ao momento apresentado quaisquer sintomas e encontrando-se a trabalhar”. No dia anterior, o governante participou em reuniões de trabalho com a presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen, e o colégio de comissários que se deslocou a Lisboa, no âmbito da Presidência Portuguesa da União Europeia, pelo que este teste positivo levou a que três elementos que estiveram na visita ficassem em isolamento, entre os quais Siza Vieira.

Ana Mendes Godinho com “sintomas ligeiros”

Dois dias antes, a 14 de janeiro, Governo confirmou que a ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho, tinha testado positivo à Covid-19. Em comunicado, foi explicado que a governante apresentava “sintomas ligeiros” e encontra-se em confinamento domiciliário. Face a esta situação, a ministra foi substituída secretário de Estado Adjunto, do Trabalho e da Formação Profissional, informou o gabinete do primeiro-ministro. Em consequência de “outros contactos”, o ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, e o ministro do Mar, Serrão Santos, também entraram em isolamento profilático, por determinação das autoridades de saúde, tendo, entretanto, recebido testes negativos.

Ministro do Planeamento testou positivo em novembro

Em novembro, foi a vez de o ministro do Planeamento ter recebido um teste positivo para a Covid-19, cerca de um mês depois do primeiro isolamento. Nelson de Souza foi testado no seguimento do teste positivo do secretário de Estado do Planeamento, Ricardo Pinheiro. No primeiro teste realizado, o ministro testou negativo, mantendo-se ainda assim em isolamento. Contudo, dias depois começou a apresentar “sintomas ligeiros de doença compatíveis com a Covid-19”, pelo que foi submetido a novo teste que acabou por dar positivo.

Manuel Heitor foi o primeiro a testar positivo dentro do Governo

Em outubro, Manuel Heitor testou positivo à Covid-19. Mais de sete meses depois de a pandemia chegar a Portugal, este foi o primeiro caso detetado no Governo. O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior não apresentou sintomas da doença e ficou em isolamento. “Eu não tive sintomas, portanto, mal senti o vírus, mas obviamente que o que percebi é que estamos mergulhados numa ignorância coletiva”, comentou o governante depois de ser dado como recuperado da Covid-19. Na sequência deste teste positivo, todos os membros do Governo foram testados, mas por precaução a ministra do Trabalho Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, e o ministro do Planeamento, Nelson de Souza, ficaram em confinamento domiciliário por se terem sentado ao lado de Manuel Heitor na última reunião de Conselho de Ministros, antes do teste positivo desde governante. Também o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior João Sobrinho Teixeira ficou em isolamento.

(Notícia atualizada às 12h46 com a indicação de que os os titulares dos órgãos de soberania vão começar a ser vacinados para a semana)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Um a um, já lá vão sete ministros de Costa com Covid-19

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião