INE está a contratar para Censos 2021. Candidaturas terminam a 15 de fevereiro

A retribuição varia em função do seu desempenho. Um recenseador com 600 alojamentos atribuídos e que termine o seu trabalho em seis semanas pode receber 1.500 euros.

O Instituto Nacional de Estatística (INE) está a recrutar, em regime de contrato de prestação de serviços, 11 mil recenseadores dispersos por todo o país para a realização do XVI Recenseamento Geral da População e VI Recenseamento Geral da Habitação – Censos 2021.

Considerada a maior operação estatística a nível nacional, os candidatos selecionados serão, segundo a página oficial do INE, responsáveis pela distribuição de cartas com códigos para acesso a resposta por internet, por assegurar a totalidade das respostas, por prestar todos os esclarecimentos necessários às famílias sobre a resposta aos CENSOS, bem como por recolher e registar as respostas em alojamentos que não respondem pela internet e proceder à validação da informação recolhida, de acordo com as orientações recebidas.

A retribuição de cada recenseador irá variar em função do seu desempenho, podendo “um recenseador com 600 alojamentos atribuídos e que termine o seu trabalho em seis semanas receber, em média, 1.500 euros”, explica o INE na oferta.

No que diz respeito aos requisitos, os candidatos deverão ter habilitações académicas ao nível do 12.º ano (preferencialmente), ter competências ao nível da microinformática e da utilização das TIC, ser detentores de um smartphone ou tablet com ligação à internet, ter capacidade para estabelecer contactos interpessoais, conhecer a zona geográfica para a qual se candidata, bem como ter disponibilidade aos fins de semana e durante a semana a tempo parcial.

As candidaturas deverão ser obrigatoriamente formalizadas até 15 de fevereiro, através do preenchimento online do formulário que está disponível aqui.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

INE está a contratar para Censos 2021. Candidaturas terminam a 15 de fevereiro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião