Natixis ensina filhos dos colaboradores a programar. E ajuda os pais em teletrabalho

A empresa vai dedicar a semana à programação e oferecer cursos online aos filhos dos trabalhadores que tenham entre seis e 17 anos.

Etienne Huret é o novo diretor-geral da Natixis em Portugal

A Natixis vai oferecer cursos de programação aos filhos dos trabalhadores da empresa que tenham idades entre os seis e os 17 anos. A medida está enquadrada no tema da semana e tem como objetivo ajudar os pais a enfrentar os “desafios” que implicam manter as crianças em casa, sem aulas, enquanto estes trabalham remotamente.

Não pudemos ficar indiferentes aos desafios que muitos dos nossos colaboradores voltam a enfrentar: conciliar o trabalho com o acompanhamento dos filhos. Esta foi a forma que encontrámos de envolver os mais pequenos num primeiro contacto com a área da programação, função que vêm os pais desempenhar diariamente”, conta Nádia Leal Cruz, communication & marketing Manager da Natixis em Portugal, citada em comunicado.

A ideia é que, além de manter as crianças ocupadas, estas entendam “melhor o trabalho dos pais e dos colegas”.

Na prática, os filhos dos trabalhadores da Natixis serão organizados em três turmas de aproximadamente 10 alunos, mediante as suas idades e com conteúdos ajustados a cada faixa etária.

“As crianças entre os 6 e os 8 anos terão a oportunidade de criar jogos com imagens, sons e animação em Scratch, o que lhes permitirá desenvolver competências digitais, matemáticas e lógicas. Já os jovens dos 9 aos 12 irão frequentar o curso de Minecraft Engineer e desenvolver jogos utilizando a ferramenta Minecraft Education Edition, introduzindo de forma prática e divertida conceitos de lógica e programação. Para os mais velhos, com idades compreendidas entre os 13 e os 17 anos, o curso de App Developer irá permitir que criem aplicações no App Inventor com diversas funcionalidades, enquanto aprendem princípios de design e de programação”, descreve a empresa.

Os cursos, desenvolvidos em parceria com a escola de programação Happy Code, têm a duração de seis horas, divididas em três sessões de duas horas por dia.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Natixis ensina filhos dos colaboradores a programar. E ajuda os pais em teletrabalho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião