Nicolas Namias é o novo CEO da Natixis a nível global

  • Pessoas
  • 5 Agosto 2020

Nicolas Namias vai deixar o conselho de administração do Groupe BCE para liderar a Natixis, a divisão internacional de banca empresarial e de investimento do banco francês. Sucede a François Riahi.

Nicolas Namias, novo CEO da Natixis a nível global

Nicolas Namias é o novo presidente executivo da Natixis, a divisão internacional de banca empresarial e de investimento, de gestão de ativos, de seguros e serviços financeiros do Groupe BPCE. O novo responsável era até agora vice-presidente executivo e diretor financeiro do Groupe BPCE, e integrava o conselho de administração desde novembro de 2018. Sucede no cargo a François Riahi.

Nicolas Namias já tinha integrado a Natixis entre 2014 e 2018, onde foi responsável de estratégia e liderou o desenvolvimento do plano estratégico de inovação tecnológica e digitalização da Natixis que, entre outras coisas, contemplou a criação da empresa em Portugal. Numa segunda fase, Namias desempenhou funções como diretor financeiro da empresa e membro do comité de gestão sénior.

Laurent Mignon, chairman da Natixis, elogia as suas capacidades de “antecipação, tomada de decisão e execução”, que considera “vitais” no contexto atual. “Estou certo de que ele será capaz de impulsionar o crescimento do banco em benefício dos seus clientes, funcionários e acionistas”, sublinha o responsável, citado em comunicado.

É formado pela École Nationale d’Administration, em França, e estudou também na Stanford Graduate School of Business (EUA), na École Supérieure des Sciences Économiques et Commerciales – ESSEC Business School (França) e no Institut d’Etudes Politiques – Sciences Po (França).

A Natixis é a divisão internacional de banca empresarial e de investimento, de gestão de ativos, de seguros e serviços financeiros do Groupe BPCE, o segundo maior grupo bancário em França. A empresa tem a sua unidade local no Porto — o Natixis Innovation Hub — que nasceu há três anos e se tornou o segundo hub da Natixis na Europa. Na semana passada, a unidade portuguesa anunciou nova liderança, com a nomeação de Etienne Huret, ex-Société Générale, que passa a liderar o hub de inovação do Porto, o terceiro maior da empresa na Europa. Focado na inovação, quer apostar no talento português nas universidades e startups.

A Natixis conta já com perto de 1.000 colaboradores de perfis tecnológicos, mas também de áreas como o direito, gestão, economia e finanças.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Nicolas Namias é o novo CEO da Natixis a nível global

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião