Novo Banco desiste de construir sede nas Amoreiras. Quer mudar-se para o Tagus Park

Devido a problemas no licenciamento, o Novo Banco desistiu de construir a nova sede. Em vez disso vai vender o edifício que ocupa em Lisboa e mudar-se para o Tagus Park, em Oeiras.

Do centro de Lisboa para os arredores da capital. O Novo Banco desistiu dos planos de construir uma nova sede nas Amoreiras, mas mantém os planos de vender o atual edifício que ocupa na Avenida da Liberdade. A alternativa em cima da mesa passa por mudar-se para o Tagus Park, em Oeiras, onde já tem mais de 500 colaboradores a trabalhar, de acordo com informações recolhidas pelo ECO.

Foi em 2018 que o Novo Banco pôs à venda uma dezena de imóveis na Grande Lisboa — que incluía a sede histórica do BES — com o objetivo de financiar a construção de um mega projeto imobiliário nas Amoreiras, onde seria construída a nova sede. O projeto, de acordo com o que o Expresso e o Público noticiaram na altura, custaria entre 100 e 120 milhões de euros e iria nascer nas instalações do antigo Quartel de Campolide.

Em causa está um terreno de 130.000 metros quadrados que o banco adquiriu em 2014 à promotora Temple, do empresário Vasco Pereira Coutinho, como forma de execução de dívidas. Responsável pelo projeto está o Fundo de Investimento Imobiliário Fechado Amoreiras e, de acordo com as contas da sociedade gestora, este iria ser constituído por habitação, serviços e comércio, incluindo a nova sede do Novo Banco.

No final de 2019, de acordo com o Expresso, o banco injetou 36,2 milhões de euros nestes terrenos, através do fundo. Contas feitas, desde 2016, foram aplicados 57,7 milhões de euros neste projeto, que não saía do sítio.

E, até hoje, nada mudou. Fontes do mercado imobiliário consultadas pelo ECO afirmam que em causa estão dificuldades em obter o licenciamento para este projeto e que, face a isso, o Novo Banco está a estudar outras hipóteses para aquela localização, enquanto o promotor imobiliário continua atrás de um projeto com viabilidade.

Sede na Avenida da Liberdade por vender

Vários anos depois, o Novo Banco cansou-se de esperar e decidiu mesmo mudar-se para uma nova sede, mas fora da cidade. O ECO sabe que a instituição planeia vender o edifício principal que ocupa atualmente na Avenida da Liberdade (a sede histórica do BES) e concentrar todos os seus colaboradores no Tagus Park, em Oeiras.

O processo ainda não está no mercado, desconhecendo-se, por isso, o valor que o banco espera encaixar com este imóvel. Contudo, fontes do mercado imobiliário referiram ao ECO que o imóvel deverá valer entre 50 a 70 milhões de euros.

E o processo deverá levar algum tempo até arrancar, dado que o espaço que o Novo Banco tem atualmente no Tagus Park — onde estão mais de 500 trabalhadores — terá de ser aumentado para receber todos os funcionários.

Ao ECO, fonte oficial do Novo Banco disse apenas que a instituição “tem vindo, de forma regular, a analisar soluções de racionalização e redução de custos, não havendo qualquer decisão tomada”.

Ainda assim, sair da Avenida da Liberdade está mesmo nos planos, sobretudo por uma questão de contenção de custos, já que este edifício não é o único com colaboradores. Mais acima, na rotunda do Marquês de Pombal, o banco tem também outros colaboradores, num edifício que vendeu em 2017 à Merlin Properties, tendo-se mantido como arrendatário.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Novo Banco desiste de construir sede nas Amoreiras. Quer mudar-se para o Tagus Park

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião