Os relógios Swatch ainda são de plástico, mas agora é biológico e misturado com cerâmica

Em setembro de 2020 a marca suíça lançou o primeiro relógio feito com plástico obtido a partir das sementes de uma planta. Agora, este bioplástico vem aliado à cerâmica nos novos modelos Big Bold.

Quem se lembra da moda que se tornou viral nos anos 90 do século XX, de usar vários relógios Swatch pulso acima, quanto mais coloridos melhor, todos eles feitos de um material super prático e resistente chamado plástico? Hoje em dia a marca suíça ainda usa plástico no fabrico dos seus icónicos relógios mas garante estar a “desbravar novos territórios” ao criar a unidade de negócio Swatch Next, onde se incluem “as ideias disruptivas da marca”.

Desde esta quinta-feira, 15 de abril, estão à venda na loja online os novos modelos Big Bold em Bioceramic, a mais recente inovação da relojoeira suíça. Apenas alguns meses após o lançamento do primeiro Swatch de sempre fabricado com materiais de origem biológica, em setembro de 2020, chega agora ao mercado uma nova combinação de cerâmica com plástico de origem biológica, feito a partir das sementes de uma planta originária da Ásia e que em Portugal é conhecida como rícino ou figueira-do-inferno, e é uma espécie invasora.

“Composta por dois terços de cerâmica, e um terço de plástico de origem bio, a Bioceramic é um material resiliente e resistente, e com um toque sedoso, unindo o melhor dos dois mundos, refere a marca em comunicado.

O modelo está disponível em cinco cores (preto, branco, cinzento, azul celeste e rosa) e por um preço a partir de 125 euros. A bracelete, o “vidro” e as presilhas são fabricadas em plástico de origem biológica.

Em 1983, a Swatch introduziu no mercado relógios fabricados com apenas 51 componentes. Trinta e sete anos mais tarde, a marca introduziu o plástico de origem biológica, que fez a sua estreia na coleção Bioreloaded em setembro de 2020.

“Quando se trata de design, materiais e tecnologia, a Swatch está continuamente à procura de formas de inovar e superar-se. A Bioceramic assinala mais uma etapa importante no percurso de inovação da marca. Até ao final de 2021, as principais linhas de produto da Swatch vão explorar ainda mais o uso deste novo material”, garante a marca suíça.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Os relógios Swatch ainda são de plástico, mas agora é biológico e misturado com cerâmica

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião