Cultura organizacional é a “cola” que mantém as pessoas nas empresaspremium

Depois de cinco anos na Jerónimo Martins e dois na OutSystems, Margarida Madeira decidiu embarcar numa nova aventura. Em dezembro assumiu funções de diretora de people & culture da Nhood Portugal.

Quando iniciou a sua carreira, Margarida Madeira estava longe de pensar que viria a trabalhar em recursos humanos. Começou na área da gestão e do marketing e, depois de três anos a viver em Inglaterra, contactou a Universidade Católica, onde se formou, para que a ajudasse a encontrar emprego em Portugal. Acabou por ficar a trabalhar na universidade, onde mergulhou nos temas da liderança de pessoas, nomeadamente mobilidade, internacionalização e gestão de carreiras. Seguiram-se cinco anos na Jerónimo Martins, dois na OutSystems e, mais recentemente, um novo desafio na Nhood Portugal. “Adoro empresas em fase de criação, startups… Por isso, achei que o desafio era muito grande para dizer que não”, conta à Pessoas. Margarida Madeira assumiu funções de diretora de people& cultureem dezembro

Assine para ler este artigo

Aceda às notícias premium do ECO. Torne-se assinante.
A partir de
5€
Veja todos os planos