Wall Street abre em terreno positivo, inabalada pelos dados da inflação

Os principais índices norte-americanos iniciam esta sexta-feira em alta. Isto num dia em que se revelou que o Índice de Preços no Consumidor subiu 3,6% no acumulado de 12 meses.

As principais praças europeias começaram esta sexta-feira com ganhos ligeiros, mas em Wall Street a sessão inicia-se em terreno claramente positivo. Isto apesar de terem surgido novos dados relativos à inflação, que vieram mostrar que esta deu efetivamente um “salto” face ao ano anterior.

Depois de terem encerrado a última sessão, novamente, em alta, os principais índices prosseguem com essa tendência. O industrial Dow Jones é o que tem um melhor desempenho nesta sessão, estando a crescer 0,45%, para os 34.621,36. Já o tecnológico Nasdaq aumenta 0,37%, para os 13.787,47, enquanto o índice de referência S&P 500 sobe 0,34%, para os 4.215,05 pontos.

Isto depois de terem sido divulgados, esta sexta-feira, dados relativos ao Índice de Preços no Consumidor, que subiu 0,6% no mês passado, face a março, e 3,6% no acumulado de 12 meses, anunciou o Departamento de Comércio dos Estados Unidos. O aumento de preços registado em abril pode dever-se à subida da procura registada após o levantamento das restrições aplicadas para combater a propagação da Covid-19, a qual se associou a tensões existentes na cadeia de abastecimento.

Os investidores têm se mantidos atentos aos dados relativos à inflação, para perceber se pressões registadas ao nível da inflação serão ou não duradouras. “Pensamos que a Fed não vai aumentar as taxas de forma agressiva“, refere, ainda assim, Paul Flood, gestor de investimentos da Newton Investment Management, citado pelo The Wall Street Journal (acesso pago, conteúdo em inglês). “Toda a gente espera uma inflação a curto prazo”, acrescenta.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Wall Street abre em terreno positivo, inabalada pelos dados da inflação

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião