CEO Andy Brown tornou-se acionista da Galp com investimento de 240 mil euros

O gestor britânico, que iniciou funções de CEO em fevereiro, comprou mais de 25 mil ações da Galp, num investimento que superou os 240 mil euros.

Quatro meses depois de ter iniciado funções de CEO na Galp, Andy Brown tornou-se acionista da petrolífera portuguesa. O gestor britânico comprou mais de 25 mil ações, num investimento que superou os 240 mil euros.

A Galp comunicou ao mercado que o seu presidente executivo — tomou posse no início de fevereiro, substituindo Carlos Gomes da Silva — adquiriu 25.323 títulos da petrolífera na bolsa de Londres, ao preço 9,61 euros por ação. A operação teve lugar no passado dia 18. Contas feitas, Andy Brown aplicou 243,3 mil euros em títulos da Galp.

Geralmente, compras de títulos realizadas pelos gestores das empresas visam dar um sinal de confiança aos investidores em relação ao futuro da companhia.

As ações da Galp fecharam a sessão desta terça-feira a cair 1,13% para 9,652 euros, mantendo-se acima, ainda assim, do preço a que Andy Brown adquiriu os títulos. Desde o início do ano, a Galp recupera mais de 10% na bolsa de Lisboa, depois de ter perdido 40% do valor em 2020.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

CEO Andy Brown tornou-se acionista da Galp com investimento de 240 mil euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião