Nos obtém 150 milhões de euros em dívida sustentável

A operadora Nos contratou novas linhas de financiamento indexadas a critérios de sustentabilidade, junto do BCP, BBVA e BPI, no valor total de 150 milhões de euros.

A Nos NOS 1,65% contratou 150 milhões de euros em linhas de financiamento com maturidade em 2026 junto do BCP, BBVA e BPI, estando esta dívida associada a critérios de sustentabilidade. A informação foi avançada pela operadora num comunicado enviado à CMVM.

Os termos acordados com o BCP incluem uma componente relativa à avaliação que o Carbon Disclosure Project faz à empresa liderada por Miguel Almeida, que é de A-, indica a operadora.

No caso do BPI e do BBVA, “os objetivos de sustentabilidade passam pela redução da pegada de carbono da operação própria […] em 50% até 2025, em relação a 2015, e pelo consumo de 65% de eletricidade proveniente de fontes renováveis, também até 2025”.

Estes financiamentos somam-se ao que foi anunciado em dezembro passado, em que a Nos emitiu 100 milhões de euros em dívida sustentável com maturidade também em 2016. A empresa indica que as novas linhas elevam “a 250 milhões de euros o valor da sua dívida indexada” a critérios de sustentabilidade.

No comunicado, a Nos sublinha, por fim, que “estas linhas contribuem positivamente para o custo médio da dívida” da operadora”, bem como “para a diversificação dos instrumentos de financiamento e alongamento de maturidades”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Nos obtém 150 milhões de euros em dívida sustentável

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião