Benfica confirma chumbo à entrada de John Textor na SAD

Se Textor pretender comprar os títulos da SAD, contará com um chumbo por parte da direção. Rui Costa não considera oportuno receber o empresário em Lisboa.

John Textor quer investir no SAD do Benfica, mas os encarnados rejeitam a entrada do investidor norte-americano, como o ECO avançou em primeira mão. Foi decidido, em reunião da administração, que se Textor pretender comprar os títulos a mesma “se oporá”, acrescentando que não considera oportuno receber o empresário em Lisboa.

A direção do Benfica “declara considerar inoportuna esta operação” de compra de 25% do capital por Textor, “pelo que à mesma se oporá, no exercício dos seus direitos e deveres, caso esta matéria venha a ser sujeita a deliberação em Assembleia Geral de Acionistas da Benfica SAD”.

Diz que torna “pública esta sua decisão de imediato por entender que a mesma contribui para esclarecer a posição do Sport Lisboa e Benfica a este respeito, evitando-se assim dúvidas e especulações“.

Estes esclarecimentos surgem depois de John Textor ter reforçado o seu interesse em adquirir entrar no capital da SAD das águias, acenando mesmo com 8,70 euros por ação – estão a disparar mais de 20% para 4,41 euros na sessão desta sexta-feira.

Num comunicado publicado no seu site esta sexta-feira, o empresário norte-americano argumentou que a sua “ligação com a FuboTV não pode ser considerada concorrencial”, ou seja, não poderia ser travado na sua ambição de se tornar acionista de referência da SAD benfiquista. Mas a direção do Benfica invoca os estatutos para alertar que a chumbará.

Em causa está o facto de Textor ser sócio maioritário da FuboTV, uma espécie de Netflix para transmitir eventos desportivos, como as ligas profissionais de futebol americano (NFL), basquetebol (NBA), basebol (MLB), hóquei no gelo (NHL) e futebol (MLS). Esta posição pode colocar o empresário como “uma entidade concorrente” da Benfica SAD. Pelo menos é esse o entendimento do clube, à luz dos estatutos, considerando assim que pode e vai chumbar qualquer negócio com Textor que passe pela aquisição de uma participação qualificada, acima de 2%.

Empresário norte-americano do setor audiovisual confirmou interesse no Benfica.

Clube não quer reunir com Textor

A direção do Benfica, liderada pelo antigo jogador Rui Costa, assegurou ainda que “desconhecia em absoluto a existência das negociações” para a compra de 25% do capital da Benfica SAD entre José António dos Santos e John Textor. Só tomou conhecimento desse acordo, “cujo conteúdo desconhece”, quando foi tornado público pelas notícias relacionadas com a Operação Cartão Vermelho, que levou à demissão de Luís Filipe Vieira da liderança dos encarnados esta quinta-feira.

Em relação a Textor, a direção encarnada não quer qualquer encontro com o investidor americano. É “inoportuno receber, de maneira formal ou informal, o Sr. John Textor nesta altura“, sublinha o Benfica.

John Textor disse não existir “nada questionável” sobre a sua posição enquanto investidor norte-americano, e salientou que o Benfica está “entre os clubes de futebol mais valiosos do mundo”, apontando para a cotação de ações na bolsa de Nova Iorque e para uma avaliação do Benfica na ordem dos 1,5 mil milhões de dólares.

Também propôs subscrever na totalidade o empréstimo obrigacionista que a SAD tem em curso até ao final da próxima semana, e abdicando até de parte da remuneração dos títulos. Com esta operação o Benfica pretende levantar 35 milhões de euros.

Jaime Antunes é vice-presidente

Em comunicado, o Benfica deu ainda conta de alterações nos órgãos da SAD e do clube depois da saída de Luís Filipe Vieira. Por um lado, Sílvio Cervan foi designado membro do conselho de administração da sociedade anónima desportiva com efeitos imediatos. Por outro lado, Jaime Antunes foi confirmado como vice-presidente do clube.

(Notícia atualizada às 13h19 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Benfica confirma chumbo à entrada de John Textor na SAD

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião