EDP Renováveis e BCP disparam 4% e atiram bolsa para máximos pré-pandemia

PSI-20 já recuperou as perdas que registou com a pandemia. Somou esta quarta-feira mais de 1% e está em máximos de fevereiro do ano passado. EDP Renováveis e BCP brilharam.

A EDP Renováveis e o BCP aceleraram 4% na sessão desta quarta-feira e atiraram a bolsa de Lisboa para máximos pré-pandemia.

O PSI-20, o principal índice português, somou 1,26% para 5.310,63 pontos, marcando o ponto mais elevado desde o dia 21 de fevereiro de 2020. Ou seja, já recuperou das perdas provocadas pela pandemia de Covid-19, cujo primeiro caso em Portugal foi registado a 2 de março do ano passado.

A bolsa vem de uma série de várias sessões em alta, que foi temporariamente interrompida na segunda-feira. Retomou os ganhos na terça e agora acelerou graças, sobretudo, aos desempenhos de dois pesos pesados: a EDP Renováveis ganhou 4,13% para 21,7 euros e o BCP avançou 3,77% para 0,1267 euros.

A EDP também deu um forte contributo para o desfecho positivo em Lisboa: as ações da empresa liderada por Miguel Stilwell d’Andrade valorizaram 2,15% para 4,64%.

Com ganhos acima de 1% encerraram ainda os CTT, Mota-Engil, REN e Pharol, numa sessão em que apenas quatro cotadas fecharam no vermelho e a Ibersol não registou qualquer variação face à sessão anterior.

O índice de referência europeu Stoxx 600 fechou com ganhos ligeiros, assim como a bolsa de Frankfurt e Milão. O espanhol Ibex-35 acompanhou o vizinho português com subidas acima de 1% e Paris contrariou a tendência ao cair cerca de 0,7%.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

EDP Renováveis e BCP disparam 4% e atiram bolsa para máximos pré-pandemia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião