Preços do Microsoft 365 para empresas vão subir em 2022

  • Carolina Bento
  • 23 Agosto 2021

A Microsoft vai aumentar os preços dos planos Microsoft 365 (ex-Office 365) a partir de 1 de março de 2022, incluindo em Portugal.

A Microsoft anunciou “o primeiro aumento substancial dos preços” do Microsoft 365 (ex-Office 365) desde o lançamento do pacote de software há dez anos. Em comunicado, a empresa avança que o aumento vai entrar em vigor em todo o mundo a partir de 1 de março de 2022. Ainda assim, estas alterações não se vão refletir no consumo de produtos para os consumidores e para educação.

Os novos preços em dólares já foram divulgados e, para já, abrangem apenas os pacotes comerciais, ou seja, as versões de softwares como o Word, PowerPoint, Excel e Teams que são vendidos às empresas. Os preços finais podem variar entre mercados, devido aos ajustes comuns em certas regiões:

  • Microsoft 365 Business Basic (de 5 para 6 dólares por utilizador);
  • Microsoft 365 Business Premium (de 20 para 22 dólares);
  • Office 365 E1 (de 8 para 10 dólares);
  • Office 365 E3 (de 20 para 23 dólares);
  • Office 365 E5 (de 35 para 38 dólares);
  • Microsoft 365 E3 (de 32 para 36 dólares)

Em Portugal também vai haver aumentos, mas a empresa não disse ao ECO os preços que serão alvo de alterações. Atualmente, os planos empresariais do Office 365 vão dos 4,20 euros mensais por utilizador (Empresas Basic) aos 16,9 euros por utilizador (Empresas Premium).

Preços dos serviços Microsoft em Portugal.Microsoft Portugal 23 Agosto, 2021

Já o valor do Office 365 E1, em Portugal, é 6,70€ por mês por utilizador, com fidelização anual. No caso do E5, o preço chega aos 53,70 euros por utilizador, de acordo com a oferta divulgada no site da empresa.

Preços dos serviços do Office 365 em Portugal.Microsoft Portugal 23 Agosto, 2021

Teams vai permitir ligações por telemóvel

A empresa justifica os aumentos nos preços com a melhoria constante dos serviços prestados durante a década de vida do Office 365, atualmente Microsoft 365, sobretudo no período da pandemia.

Num comunicado, a empresa refere que, desde a introdução dos bundles do Office 365, a empresa adicionou 24 aplicações — Microsoft Teams, Power Apps, Power BI, Power Automate, Stream, Planner, Visio, OneDrive, Yammer e a Whiteboard — e lançou cerca de 1.400 serviços nas áreas de comunicação e colaboração; segurança; e automação e e inteligência artificial.

Além do aumento nas mensalidades, o Microsoft Teams vai ser alvo de uma melhoria: quando não houver acesso à internet, os utilizadores vão poder ligar-se a reuniões via chamada telefónica. O serviço está disponível com assinatura em mais de 70 países, 44 línguas e com apoio interativo. Desta forma, “os clientes poderão participar nas suas reuniões no Microsoft Teams em praticamente qualquer dispositivo, independentemente do local”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Preços do Microsoft 365 para empresas vão subir em 2022

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião