Cocus. Agora colaboradores trabalham de onde quiserem e recebem bónus para compra de material escritório

Tecnológica, sediada em Matosinhos, está a atribuir apoio financeiro para os mais de 100 colaboradores criarem o escritório que desejam. Está ainda a contratar. Tem 30 vagas.

O escritório da Cocus é em Matosinhos, mas a tecnológica está a dar aos mais de 100 colaboradores a possibilidade de trabalhar de onde quiserem dentro do país e, desde agosto, com o fim da obrigatoriedade do teletrabalho, está a atribuir apoio de mais de 400 euros para a compra de material de escritório. Novo modelo de trabalho, o FlexOffice, aumentou ainda a “amplitude na procura de talento em processos de recrutamento, que deixou de estar focado no grande Porto e norte”. A tech até ao final do ano quer contratar 30 colaboradores.

“Este modelo de trabalho flexível consegue reunir o melhor de dois mundos: a possibilidade de as pessoas poderem trabalhar a partir de qualquer ponto do país mas também poderem usufruir do escritório em Matosinhos, totalmente equipado e com todo o conforto e segurança”, explica Alexandra Monteiro, line manager of human resources da Cocus Portugal, à Pessoas.

“A escolha é de cada um, sendo que a mais valia é a flexibilização da decisão sem burocracias e aprovações extraordinárias. É possível estar hoje em Lisboa, amanhã ir até ao escritório em Matosinhos — aproveitar para almoçar com a equipa — e no dia seguinte estar no Douro a trabalhar a partir da casa de campo”, descreve a responsável de RH da tecnológica.

“Este modelo de trabalho flexível consegue reunir o melhor de dois mundos: a possibilidade de as pessoas poderem trabalhar a partir de qualquer ponto do país mas também poderem usufruir do escritório em Matosinhos, totalmente equipado e com todo o conforto e segurança.”

Alexandra Monteiro

Desde 2018 que a empresa dava aos colaboradores a possibilidade de, durante dois dias por semana, trabalhar fora do escritório, mas agora com este novo modelo de trabalho mais flexível deixa de haver limites para os dias em que os trabalhadores podem trabalhar remotamente. “A pandemia COVID-19 levou a empresa a olhar para os benefícios do trabalho remoto com mais certezas de que seria uma opção válida para a organização. O FlexOffice procura assim responder às alterações inevitáveis do mercado de IT; responder também a solicitações desta flexibilidade por parte das Pessoas e aumentar os níveis de segurança e confiança de todos”, justifica a responsável.

Bónus para criar escritório

A Cocus também decidiu apoiar financeiramente os colaboradores na criação do melhor espaço de trabalho. “A política foi implementada em agosto aquando do levantamento da obrigatoriedade do trabalho remoto por parte do Governo (apenas se manteve a recomendação)”, adianta Alexandra Monteiro.

“O valor para os atuais colaboradores foi pago no mês de agosto (pagamento único) e o mensal daí em diante; sempre que uma nova pessoa se junta à empresa, o pagamento único é feito no mês da entrada”, explica. Ou seja, cada colaborador recebe um bónus único de 440 euros e, depois, todos os meses 18 euros.

“Esta medida não veio só melhorar os índices de satisfação dos colaboradores e responder a uma necessidade do mercado, como também veio possibilitar o aumento da amplitude na procura de talento em processos de recrutamento, que deixou de estar focado no grande Porto e norte do país, passando a abranger todo o território nacional e ilhas”, diz Alexandra Monteiro.

“Esta medida dá a possibilidade de muitos regressarem às origens e possivelmente repovoar o interior, alavancando a economia desses locais uma vez que não será necessária a fixação de residência no centro urbano”, destaca.

Expandir rede geográfica de recrutamento

A empresa de origem alemã, com mais de 20 anos de existência, a COCUS (COmpany for CUStomers) está no mercado nacional desde 2018, oferecendo soluções end-to-end totalmente costumizáveis, tendo por base metodologias agile, tendo uma equipa com mais de 100 colaboradores. Tem mais de 30 vagas de emprego em aberto.

Software Engineers, Data Engineers, QualityAssurance, DevOps/CloudEngineers e ProductOwners, entre outros, são os perfis para os quais a tech tem ofertas já disponíveis.

“Estas 30 deverão ser preenchidas até ao final do ano mas o planeamento estratégico e planos de venda em curso dizem-nos que continuaremos a crescer em 2022”, realça.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Cocus. Agora colaboradores trabalham de onde quiserem e recebem bónus para compra de material escritório

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião