BCP dispara 6% e puxa pelo PSI-20

As ações do banco são as que mais valorizam no arranque da sessão. PSI-20 segue para o terceiro dia de ganhos.

O PSI-20 caminha para a terceira sessão consecutiva de ganhos. O principal índice nacional sobe 1,49% para os 5,468.25 pontos esta quinta-feira, após ter subido mais de 2% ontem. A maioria das cotadas está a subir, com destaque para o BCP que valoriza mais de 6%.

Na Europa, as principais praças estão também a subir. O alemão DAX sobe 0,8%, assim como o francês CAC, o espanhol IBEX avança 0,9% e o britânico FTSE soma 0,6%. O Stoxx 600, o índice que agrega as 600 principais cotadas europeias, valoriza 0,94% neste arranque da sessão.

Durante a madrugada, as ações asiáticas valorizaram devido a alguns sinais positivos sobre a estabilidade do grupo chinês Evergrande, mas só se confirmará esta quinta-feira mais tarde quando tiver de pagar uma parte da sua dívida.

Em Lisboa, apenas quatro cotadas desvalorizam e uma mantém-se inalterada. As restantes estão em terreno positivo, com destaque para o BCP que dispara 5,97% para os 0,1385 euros. Os títulos do banco continuam com a tendência positiva da última sessão.

No setor energético, a EDP Renováveis avança 2,95% para 23,06 euros, acompanhada pela EDP que valoriza 1,91% para 4,739 euros. Destaque ainda para a Galp que soma 1,23% para 8,894 euros.

Ainda nas subidas estão as papeleiras, com a Navigator a subir 0,07% para 3.0520 euros, a Altri a avançar 1,1% para 5.,505 euros e a Semapa a ganhar 1,18% para 11,98 euros. A Mota-Engil valoriza 1,72% para 1,36 euros.

No lado oposto, a travar maiores ganhos no PSI-20, estão os CTT, que perdem 0,11% para 4,73 euros, acompanhados pela Jerónimo Martins que cai 0,14% para 17,75 euros. A Pharol e a Novabase recuam 0,76% e 0,81%, respetivamente.

(Notícia atualizada às 11h56 com novas cotações)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BCP dispara 6% e puxa pelo PSI-20

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião