Almeida, Dias & Associados assessora Marítimo da Madeira Futebol, SAD

A equipa da Almeida, Dias & Associados responsável pela assessoria foi composta por Gonçalo Almeida, sócio fundador, e por António Vicente, advogado estagiário.

A sociedade de advogados Almeida, Dias & Associados assessorou a Marítimo da Madeira Futebol, SAD no âmbito do litígio que a opôs ao clube egípcio Zamalek Sporting Club. Em causa estava a transferência do jogador Mohamed Ibrahim Abouelyazid Elshenawy para o clube egípcio.

Na passada segunda-feira, o Tribunal Arbitral do Desporto de Lausanne confirmou a decisão anteriormente proferida pelo Comité do Estatuto do Jogador da FIFA, em que condenava o ZamalekSC a proceder ao pagamento de um milhão de euros à Marítimo SAD. Este valor é acrescido de juros à taxa de 5% por ano, assim como uma contribuição para efeitos de despesas processuais no montante de 7 mil francos suíços.

A equipa responsável pela assessoria foi composta por Gonçalo Almeida, sócio fundador da Almeida, Dias & Associados, e por António Vicente, advogado estagiário com prática na área do Direito do Desporto.

“Trata-se de um excelente resultado, fruto de um longo processo, dividido em duas etapas (FIFA e CAS), em que a Marítimo SAD fez prevalecer o seu direito a receber um valor extra pela transferência do jogador”, sublinhou o sócio fundador Gonçalo Almeida.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Almeida, Dias & Associados assessora Marítimo da Madeira Futebol, SAD

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião