5 coisas que vão marcar o dia

O BPI apresenta resultados dos primeiros nove meses do ano. INE divulga os dados do emprego e desemprego, mas também do consumo de energia do mercado doméstico.

No dia em que se ficará a saber como evoluíram as taxas de emprego e desemprego em setembro, o banco liderado por João Pedro Oliveira Costa apresenta os resultados de janeiro a setembro deste ano. Esta terça-feira, destaque ainda para os dados do consumo de energia no mercado doméstico. Por fim, o Metropolitano de Lisboa volta a parar esta terça-feira.

BPI apresenta resultados

O BPI vai apresentar, em conferência de imprensa, os resultados dos primeiros nove meses do ano. O CEO, João Pedro Oliveira Costa, vai fazer a apresentação das contas ao final da manhã, pelas 11h00. No primeiro semestre ao ano, o BPI obteve lucros de 185 milhões de euros, uma subida de 334% em relação ao mesmo período do ano passado.

Como está a evoluir o emprego?

O Instituto Nacional de Estatística (INE) vai apresentar esta terça-feira as estatísticas mensais de emprego e desemprego, referentes a setembro deste ano. Em agosto, o desemprego voltou a cair e a taxa fixou-se em 6,4%%, menos 0,2 pontos percentuais do que no mês anterior. Apesar da quebra no número de pessoas desempregadas, o número das que têm emprego “correspondeu a 4.798,9 mil pessoas, uma diminuição de “0,6% (27,8 mil) em relação ao mês de julho.

Consumo de energia do mercado doméstico

O Instituto Nacional de Estatística tem previsto para esta terça-feira a divulgação do consumo de energia no mercado doméstico, referente a 2020. O ano passado, cada família gastou em média 2.000 euros em energia, de acordo com o Inquérito ao Consumo de Energia no Setor Doméstico, que não se realizava desde 2010. Nesse ano, os portugueses gastavam por ano 1.843 euros em energia, ou seja, menos 82 euros.

Greve de trabalhadores do Metropolitano de Lisboa

Os trabalhadores do Metro de Lisboa voltam a fazer greve esta terça-feira. É a terceira no espaço de duas semanas. A paralisação está prevista das 5h00 às 9h30 da manhã para a generalidade dos trabalhadores e das 9h30 até às 12h30 para os trabalhadores administrativos, apoio e técnicos superiores. A greve foi convocada pela Fectrans perante “a falta de respostas às questões colocadas quer em reuniões com o ministro do Ambiente, quer com o presidente do ML-Metropolitano de Lisboa”. De acordo com o Metro, a adesão à greve parcial da passada quinta-feira foi de 45,37%.

Cerimónia de consignação da linha do Algarve

O ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, acompanhado do secretário de Estado das Infraestruturas, Jorge Delgado, participa esta terça-feira na cerimónia de assinatura do auto de consignação da Empreitada de eletrificação da linha do Algarve Troço Faro – Vila Real de Santo António. O projeto de eletrificação da linha do Algarve, a cargo da Infraestruturas de Portugal, está integrado no programa de investimentos designado por ‘Corredores complementares’, que tem como objetivo a eletrificação do troço Caíde/Régua, na linha do Douro; troço Meleças/Caldas da Rainha, na linha do Oeste; e os troços Tunes/Lagos e Faro/Vila Real de Santo António, linha do Algarve.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

5 coisas que vão marcar o dia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião