IFLR: Morais Leitão distinguida como “Portugal Law Firm of the Year”

A Morais Leitão foi destacada como “Portugal Law Firm of the Year” pelo IFLR. Concorria com a VdA, a PLMJ e a Uría Menéndez-Proença de Carvalho.

A sociedade de advogados Morais Leitão foi destacada como “Portugal Law Firm of the Year” pelo diretório britânico IFLR (International Financial Law Review) nos seus prémios europeus. Concorria com a VdA, a PLMJ e a Uría Menéndez-Proença de Carvalho. Margarida Torres Gama, advogada sénior, foi também galardoada com o prémio de “Rising Star of the Year”.

A cerimónia, que decorreu ontem em Londres, celebra a inovação na advocacia de negócios, incidindo especialmente nas áreas de corporate/M&A, mercado de capitais, bancário e financeiro e project finance.

Margarida Torres Gama, advogada sénior da Sociedade, arrecadou o importante prémio de “Rising Star of the Year”, destacando-se assim à escala europeia a significativa carreira da advogada, parte ativa de várias das transações e operações mais relevantes dos últimos anos.

Na categoria de Equity, a Morais Leitão estava shortlisted pela assessoria ao accelerated bookbuilding (“ABB”) sintético da EDP Renováveis, que mereceu destaque internacional. A melhor operação europeia de M&A foi a aquisição pela Euronext da Borsa Italiana Group, na qual a Sociedade também participou.

Este prémio surge depois da Morais Leitão ter ganho o Chambers Portugal Law Firm of the Year.

Este diretório reconhece as operações e protagonistas em termos de inovação e complexidade, após um cuidado processo de análise independente sobre as transações em causa e a opinião de clientes e pares.

Jamie Rayat, editor da IFLR Research Research, sublinhou que “a Morais Leitão é mais uma vez a vencedora na categoria Portuguese Law Firm of the Year nos IFLR’s Europe Awards. A sociedade teve um desempenho de nível altíssimo em 2021, sobretudo nas áreas de mercado de capitais e private equity. O forte trabalho da sociedade, notado pela equipa de pesquisa do IFLR’s Awards, incluiu a assessoria à colocação de ações da EDP Renováveis”.

Esta operação foi finalista na categoria Equity deal of the year e é considerada pela equipa de pesquisa do IFLR como tendo estado entre “os mais inovadores assuntos transfronteiriços do ano.”

Reconhecendo Margarida Torres Gama, advogada sénior da Morais Leitão, como Rising Star do ano numa sociedade nacional, Jamie Rayat afirmou ainda: “Pelo segundo ano consecutivo, uma advogada da Morais Leitão leva para casa um dos prestigiados Rising Star Awards do IFLR, que reconhece advogados e associados séniores pelo seu papel em transações inovadoras.

Margarida Torres Gama liderou a equipa que aconselhou a NOS na sua entrada no negócio de distribuição de seguros, bem como na assessoria à Sonae em desinvestimentos estratégicos complexos.”

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

IFLR: Morais Leitão distinguida como “Portugal Law Firm of the Year”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião