5 coisas que vão marcar o dia

Eurostat divulga estimativa rápida com inflação da Zona Euro em junho. Termina a segunda conferência dos oceanos com a participação do Presidente da República. Gás sobe e luz desce no regulado.

O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulga esta sexta-feira dados referentes aos Índices de Preços na Produção Industrial e à despesa na saúde. O dia também vai ficar marcado pela entrada em vigor do aumento de 3,3% do gás natural no mercado regulado, e descida em paralelo de 2,6% da eletricidade nesse mercado.

Gás natural sobe e luz desce no regulado

Entram hoje em vigor as novas tarifas de gás natural e eletricidade no mercado regulado. Em causa está um aumento de 3,3% no preço do gás natural, prevendo-se outro aumento em outubro, segundo a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE). Em paralelo, o preço da eletricidade desce 2,6%, afetando cerca de 921 mil clientes, que representam 6% do consumo total, assim como os clientes no mercado livre que tenham optado pela tarifa equiparada.

Inflação acelera na Zona Euro?

Também é hoje que o Eurostat publica a estimativa rápida da inflação na Zona Euro referente a junho. O indicador ganhou relevância este ano quando a invasão da Ucrânia pela Rússia agravou alguns dos problemas que tinham sido provocados pela Covid-19, como o estrangulamento das cadeias de abastecimento e a subida dos preços da energia. Na quinta-feira, o INE estimou que a taxa harmonizada em Portugal, a que é usada nas comparações europeias, acelerou para 9%. Os investidores vão estudar atentamente a trajetória do aumento dos preços na região.

INE faz contas à Saúde

O INE lança ainda um conjunto de dados referentes às Contas Satélite da Saúde. Os últimos dados disponíveis sobre a despesa na área da saúde, referentes ao ano de 2020, apontam para um crescimento de 0,4% da despesa total (no público e privado), tendo atingido 10,1% do PIB, o valor mais elevado desde 2009.

Termina a Conferência dos Oceanos

A segunda conferência mundial sobre os oceanos, da Organização das Nações Unidas (ONU), que decorreu ao longo da semana em Lisboa, termina esta sexta-feira. A sessão de encerramento irá ficar a cargo do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Como vai a dívida pública?

No Ministério das Finanças, o mantra tem sido o da redução da dívida pública, perante o cenário de aumento das taxas de juro que se avizinha. Esta sexta-feira, o BdP vai atualizar, precisamente, as estatísticas da dívida pública, sendo que em abril deste ano registou-se um aumento de três mil milhões de euros, para 279 mil milhões de euros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

5 coisas que vão marcar o dia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião