5 coisas que vão marcar o dia

Conselho da União Europeia discute risco de corte no abastecimento de gás pela Rússia. Fed reúne para decidir subida das taxas de juro. INE publica dados económicos.

Os ministros europeus que tutelam a Energia vão discutir o risco de corte no gás russo, bem como a controversa proposta da Comissão Europeia para reduzir o consumo de gás em 15% até 2023. Do outro lado do Atlântico, os responsáveis pela política monetária americana vão debater um novo aumento das taxas de juro — que, todavia, só será anunciado amanhã.

UE debate corte do gás russo

Os ministros que tutelam a pasta da Energia na UE vão reunir esta terça-feira para discutir a “segurança no abastecimento energético” da região. Neste Conselho extraordinário, espera-se que os governantes debatam medidas para garantir reservas de gás natural para o inverno, numa altura em que paira a ameaça de corte do fornecimento por parte da Rússia. Será também neste encontro que os ministros irão discutir a proposta da Comissão Europeia para que os países reduzam o consumo de gás em 15% entre agosto de 2022 e março de 2023, uma sugestão que está a gerar controvérsia. Portugal é um dos países que estão contra a medida.

Fed discute nova subida dos juros

A Reserva Federal dos EUA inicia hoje uma reunião de dois dias para discutir uma nova subida das taxas de juro. Será a quarta vez que o banco central aperta a política monetária este ano. A Fed espera que o aumento dos juros contribua para o controlo da inflação, que atingiu 9,1% em junho, um novo máximo desde novembro 1981. Os economistas estão a antecipar que Jerome Powell, presidente, anuncie uma subida de 75 pontos base na quarta-feira, numa altura em que a economia já dá sinais de abrandamento.

Como evoluiu o défice?

A Direção-Geral do Orçamento (DGO) vai divulgar a síntese de execução orçamental até junho. Na análise mais recente, o organismo revelou que o défice orçamental em contabilidade pública encolheu para 411 milhões de euros até maio, uma redução superior a 92% face aos 5.183 milhões observados no mesmo período de 2021. A melhoria, no segundo mês de Fernando Medina como ministro das Finanças, deveu-se ao efeito comparativo, dado que, no ano passado, a atividade económica estava “fortemente afetada por um confinamento geral”.

BCP apresenta resultados na Polónia

O Bank Millennium, banco polaco do BCP, apresenta hoje os resultados do primeiro semestre. Entre janeiro e março, tinha registado prejuízos equivalentes a 26,4 milhões de euros, resultado “substancialmente influenciado por provisões” relacionadas com o caso que ficou conhecido por “Francowicze”. O Bank Millennium tem vindo a penalizar sucessivamente os resultados do BCP. Em junho deste ano, foi divulgado que o banco teve de contribuir com 55 milhões para o fundo de resolução polaco e que a nova lei das moratórias obrigou a instituição a assumir custos de até 370 milhões. Face a este cenário, o Bank Millennium avisou os investidores de que deverá apresentar prejuízos no terceiro trimestre.

INE publica dados económicos

O Instituto Nacional de Estatística (INE) prevê publicar esta terça-feira dois conjuntos de dados com relevância económica. Entre eles está uma análise aos custos de contexto das empresas referente a 2021, que correspondem “a efeitos negativos decorrentes de regras, procedimentos, ações e/ou omissões que prejudicam a atividade das empresas e que não são imputáveis ao investidor, ao seu negócio ou à sua organização”. Além disso, o INE publica as estatísticas do rendimento ao nível local referentes a 2020, que lançará luz sobre a evolução das finanças pessoais dos portugueses.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

5 coisas que vão marcar o dia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião