Hoje nas notícias: TAP, Novobanco e Função Pública

  • ECO
  • 12 Agosto 2022

Dos jornais aos sites, passando pelas rádios e televisões, leia as notícias que vão marcar o dia.

O Supremo Tribunal de Justiça deu razão ao SPAC num processo sobre erros no cálculo de vencimentos e subsídios de férias que afetou mais de mil pilotos da TAP. O Fundo de Resolução vai chumbar a venda da carteira de crédito malparado “Harvey”. Conheça estas e outras notícias em destaque esta sexta-feira.

Erros obrigam TAP a pagar 50 milhões de euros a pilotos

A TAP vai ter de ressarcir cerca de mil pilotos em mais de 50 milhões de euros, depois de o Supremo Tribunal de Justiça ter dado razão ao Sindicato dos Pilotos da Avia­ção Civil (SPAC) numa ação judicial interposta em 2017. Nela, o SPAC acusava a companhia de ter aplicado uma fórmula de cálculo sobre os vencimentos e subsídios de férias dos pilotos que estava errada e que penalizava os trabalhadores em vários milhões de euros. A situação prolongou-se desde 2010, enquanto o sindicato alertava para ela sem sucesso, com a gestão da TAP convencida de que não iria perder o processo em tribunal.

Leia a notícia completa no Expresso (acesso pago)

Fundo de Resolução chumba venda da carteira “Harvey”

Há um volte-face no processo de venda da carteira de crédito malparado “Harvey”, anunciada pelo Novobanco no final de 2021. O Fundo de Resolução, que já tinha pré-aprovado a operação, ainda que mediante condições, prepara-se agora para a chumbar, por acreditar que houve contacto de um investidor com um dos devedores com créditos na carteira. A carteira de créditos tinha sido vendida à Deva e à AGG Capital, do grupo Arrow, por 52,3 milhões de euros.

Leia a notícia completa no Jornal Económico (acesso pago)

Função Pública regista quebra de 6,2% nos salários em termos reais

Em Portugal, o salário médio caiu 4,6% no segundo trimestre, em termos reais e quando comparado com o mesmo período do ano passado, perante a subida galopante da inflação, de acordo com o Instituto Nacional de Estatística. Os funcionários públicos foram, ainda assim, mais afetados: tiveram uma queda salarial de 6,2%. E isto apesar de o salário médio na Função Pública ter aumentado em termos nominais 1,4% para 2.180 euros, acima do trimestre anterior, mas longe de compensar o impacto da subida dos preços.

Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso pago)

Mais de mil médicos pediram escusa de responsabilidades

Mais de mil médicos já assinaram uma declaração de escusa de responsabilidade desde o início do ano, mas “o número deve ser muito superior”, admite o bastonário da Ordem, Miguel Guimarães, que adianta que atingiram “um limite em relação ao esforço que têm de fazer no exercício da sua prática no SNS”. O bastonário diz que faltam 5.000 médicos no SNS, situação que pressiona as condições de segurança e de qualidade para o exercício médico.

Leia a notícia completa no Diário de Notícias (acesso livre)

PSD de Montenegro encurta distância para PS, revela sondagem

Se Portugal fosse hoje a eleições, o PSD agora liderado por Luís Montenegro ficaria mais perto do número de votos do PS, encurtando a distância para dez pontos percentuais em relação aos socialistas, de acordo com o último barómetro da Intercampus. A sondagem dá 22,8% das intenções de voto aos sociais-democratas, enquanto o partido liderado por António Costa tem 33,1%. O PSD vê assim a diferença cair dos 15 para os dez pontos percentuais este mês. O Chega volta a ser a terceira maior força política (8,4%), ultrapassando a Iniciativa Liberal (7,1%). BE e CDU também perdem terreno.

Leia a notícia completa no Correio da Manhã (acesso pago)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: TAP, Novobanco e Função Pública

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião