Bárbara Eliseu: “O objetivo é fazer crescer os advogados e potenciar as suas capacidades”

Bárbara Eliseu explicou o conceito do seu projeto, Bárbara Eliseu Coach, que engloba um conjunto de serviços destinados ao desenvolvimento e transformação de advogados.

Bárbara Eliseu saiu da sua área de conforto, abandonou a advocacia e lançou o seu próprio projeto, o Bárbara Eliseu Coach. Um projeto que engloba um conjunto de serviços destinados ao desenvolvimento e transformação de advogados, quer em prática individual quer integrados em sociedades.

Segundo a fundadora, o Bárbara Eliseu Coach ambiciona potenciar a advocacia em Portugal, desafiando os advogados que pretendem desenvolver-se a fazê-lo, usando uma abordagem completamente diferente.

Com mais de 15 anos de experiência na advocacia, o que leva uma advogada a apostar num projeto de coaching e tirar um curso para este fim?

A sede do conhecimento e a necessidade de sair da zona de conforto. O desejo de fazer coisas novas, de pensar fora do direito, de arriscar novos projetos e, simultaneamente, a falta de tempo para os colocar em prática, levaram à necessidade de desenvolvimento pessoal; e esta conduziu, inevitável e naturalmente, a um crescimento profissional para “fora da caixa”.

A certificação internacional em coaching surgiu como um momento de auto desafio e self-growth, só depois se tornou numa ideia concreta e num percurso profissional.

As sociedades de advogados estão, progressivamente, mais atentas à formação não jurídica das suas equipas e têm, cada vez mais, interesse em dotar os seus advogados de novas habilidades e competências.

Bárbara Eliseu

Fundadora do Bárbara Eliseu Coach

Abandonou a profissão de advogada para se dedicar a este projeto?

Advogada é o que sempre quis ser, desde que me conheço. Porque ser advogado é mais do que uma profissão, é uma forma de estar na vida, de partilha de valores, de ajuda ao outro. E sempre achei que não sabia ser outra coisa.

A verdade é que, num determinado momento deste meu percurso, percebi que me sentia mais realizada com uma atividade completamente diferente do que sempre fizera. Este projeto foi crescendo e deixei de ter o tempo necessário para dedicar aos meus clientes (enquanto advogada). Por isso, e até como forma de acautelar quaisquer interpretações sobre as regras profissionais que regem as matérias da publicidade ou da angariação de clientes, decidi suspender a minha inscrição na Ordem dos Advogados Portugueses.

Não sei se algum dia voltarei à barra, onde me sinto tão confortável, mas advogada serei sempre.

Quando surgiu a ideia do projeto?

A ideia surgiu durante um ano sabático, quando, após muitas horas de estudo e formação, me questionei sobre como utilizar o conhecimento adquirido. A certa altura, deixou de fazer sentido guardar só para mim a ciência e as ferramentas que sabia fazerem a diferença na vida e no dia-a-dia de cada um de nós.

E, por isso, quando me dediquei a pensar sobre quem seriam as pessoas com que gostaria de trabalhar, qual o meu “cliente ideal”, a resposta pareceu-me óbvia: advogados. A partir desse momento, foi apenas uma questão de dar forma ao projeto e lançá-lo no mercado o mais rapidamente possível.

Muitas vezes, os colegas sabem exatamente para onde querem ir e do que são capazes, porém, procuram instrumentos, técnicas, novas formas de atingir os objetivos traçados.

Bárbara Eliseu

Fundadora do Bárbara Eliseu Coach

Qual é o principal objetivo do projeto?

O principal objetivo dos Programas de Desenvolvimento e Transformação, bem como da Formação em habilidades técnicas e comportamentais (soft skills) direcionados, exclusivamente, para a advocacia é, de facto, o de fazer crescer os advogados portugueses e potenciar as suas enormes capacidades.

Por vezes, parecemos esquecer que fomos treinados para isto e que a maioria de nós tem capacidades invulgares de autonomia, criatividade, foco e orientação para resultados. E, portanto, é uma questão de trazer à consciência essas inegáveis capacidades de realização e assumir a responsabilidade por trabalhá-las, de forma intencional.

No coaching é feito um trabalho, individual ou de grupo, com princípio, meio e fim, em que são os advogados quem lidera a busca das suas próprias soluções, sem que eu imponha resultados e sem que percam tempo com temas que não consideram relevantes. No fundo, os colegas propõem-se desenvolver as suas competências e, de forma estruturada e sustentada, exponenciar a sua realização pessoal e profissional.

Este projeto, como digo frequentemente, ambiciona potenciar a advocacia que se faz em Portugal, desafiando os advogados que pretendem desenvolver-se a fazê-lo, usando uma abordagem completamente diferente.

É audaz? Claro que sim, só podia. Afinal, a mentalidade é: somos sempre capazes de ser/fazer/ter mais e melhor!

Quando me dediquei a pensar sobre quem seriam as pessoas com que gostaria de trabalhar, qual o meu “cliente ideal”, a resposta pareceu-me óbvia: advogados.

Bárbara Eliseu

Fundadora do Bárbara Eliseu Coach

Refere no site que os advogados têm necessidades específicas ao longo da sua carreira. O projeto ajuda a encontrar essas necessidades?

Também. Não raras vezes, os meus coachees, pessoas que se propõem desenvolver trabalho de coaching, chegam até mim com uma ideia muito clara das mudanças que pretendem realizar e da área da vida que tencionam desenvolver e, a meio do percurso, percebem que há algo diferente a ser trabalhado.

A verdade é que as necessidades que cada um de nós sente variam imenso consoante os anos de profissão, a forma como esta é exercida, se em contexto societário, empresarial ou prática individual, o ramo do direito em que se investe ou a fase da vida pessoal. Há, portanto, um extenso leque de desafios que se colocam ao longo dos anos e que importa ir trabalhando.

Quem são as pessoas que atualmente compõem a equipa?

Conto com apoio técnico na área administrativa, informática e financeira. Todo o trabalho relativo aos Programas de Desenvolvimento e Transformação, Cursos, Planos de Formação para sociedades de advogados, é desenvolvido e ministrado por mim, de forma personalizada.

Este projeto, como digo frequentemente, ambiciona potenciar a advocacia que se faz em Portugal, desafiando os advogados que pretendem desenvolver-se a fazê-lo, usando uma abordagem completamente diferente.

Bárbara Eliseu

Fundadora do Bárbara Eliseu Coach

Que serviços disponibilizam aos clientes?

Temos, essencialmente, duas grandes áreas de atuação: os Programas de Desenvolvimento e Transformação e a Formação.

Os Programas de Desenvolvimento e Transformação podem ser feitos individualmente ou em equipa. No trabalho individual, enfrentamos os mais diversos desafios pessoais e profissionais, sejam de produtividade, plano de carreira, fases de transição ou mudança na carreira, equilíbrio vida-trabalho, ascensão dentro de uma sociedade de advogados ou empresa, posicionamento no mercado, gestão de stress, aquisição ou exponenciação de habilidades e competências, entre outros. Em equipa, é trabalhado, muitas vezes, o desempenho e aumento da produtividade, as relações interpessoais, a integração de advogados estagiários, o alinhamento de identidade, valores e metas, o planeamento de objetivos corporativos, marketing e brainstorming sobre os mais diversos assuntos.

Na área da Formação, trabalho com os meus clientes, particularmente, habilidades técnicas e comportamentais, como comunicação, empatia, inteligência emocional, gestão de tempo, persuasão, negociação, liderança, linguagem corporal, oratória, técnicas de influência, carisma, resiliência. Todas estas realidades são adaptadas à advocacia.

Nestas duas grandes áreas de atuação, tenho a preocupação constante de fazer um trabalho individualizado, considerando, designadamente, o tipo de personalidade de cada advogado ou a identidade de cada sociedade de advogados. Além da exclusividade dos serviços, este é um dos fatores diferenciadores: o cuidado com a personalização do processo, pois não existem dois advogados iguais nem soluções uniformes.

O que é o que os advogados procuram mais nos seus serviços?

Acompanhamento para entrar em ação, alguém que os impulsione a agir e lhes incuta um compromisso com a mudança, para que esta se materialize de forma sustentada, sem revés, e, sobretudo, com a segurança do apoio profissional nas hesitações e obstáculos que, naturalmente, surgem ao longo do caminho.

Há, igualmente, uma procura enorme por ferramentas que permitam essa evolução. Muitas vezes, os colegas sabem exatamente para onde querem ir e do que são capazes, porém, procuram instrumentos, técnicas, novas formas de atingir os objetivos traçados. Por este motivo, esforço-me também por ministrar formação gratuita, sempre que possível, junto dos mais diversos parceiros, nacionais e internacionais.

Qual tem sido o feedback que tem recebido até ao momento?

Este projeto foi, desde o início, muito bem acolhido. A recetividade tem sido extraordinária, quer por parte dos advogados que me procuram a título particular, quer por parte das sociedades de advogados.

O feedback que tenho dos colegas é de que é mais fácil fazer o trajeto com alguém ao lado que compreende a sua realidade, alguém que sabe das exigências desta profissão e que conhece as alegrias, as dores e os desafios diários que ela coloca nos diferentes contextos.

Por outro lado, as sociedades de advogados estão, progressivamente, mais atentas à formação não jurídica das suas equipas e têm, cada vez mais, interesse em dotar os seus advogados de novas habilidades e competências que possibilitem uma comunicação mais eficaz com o cliente, maior controlo de ações e reações, domínio de emoções independentemente do contexto, maiores habilidades de networking, capacidade para exponenciar habilidades de liderança, entre outras. E, por isso, contactam-me para incluir soft skills nos seus planos de formação anuais ou para integrar os Programas de Transformação, individuais e/ou de equipas, nos seus planos de desenvolvimento de recursos humanos, por exemplo, aquando das promoções de escalão dentro da sociedade ou como forma de alavancar o potencial de um determinado departamento.

As necessidades que cada um de nós sente variam imenso consoante os anos de profissão, a forma como esta é exercida, se em contexto societário, empresarial ou prática individual, o ramo do direito em que se investe ou a fase da vida pessoal.

Bárbara Eliseu

Fundadora do Bárbara Eliseu Coach

A procura tem correspondido às suas expectativas?

Não poderia estar mais satisfeita com os resultados! Tenho tido a oportunidade de trabalhar com profissionais acima da média, com uma capacidade de compromisso extraordinária, com carreiras muito interessantes, e, ainda assim, com uma vontade imensa de se tornarem ainda melhores.

Lançou um e-book “5 Estratégias para Ganhar Tempo na Advocacia e Equilibrar a Vida Pessoal e Profissional”. Em que consiste este livro?

Este e-Book foi, basicamente, uma das formas que encontrei para me dar a conhecer e disponibilizar algum conteúdo de forma gratuita. Não é uma tese de doutoramento, nem um manual de coaching; trata-se de uma proposta de estratégias para contrariar alguns modelos de trabalho nocivos e conseguir uma prática mais equilibrada, sem comprometer o desempenho e a qualidade do trabalho.

O tempo é um bem escasso, um bem de luxo e, para os advogados, um dos seus maiores ativos, por isso, impõe-se usá-lo de forma inteligente e eficaz.

O e-Book encontra-se disponível no site www.barbaraeliseu.com e pode ser descarregado gratuitamente. Vamos juntos, rumo a uma advocacia de sucesso!

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Bárbara Eliseu: “O objetivo é fazer crescer os advogados e potenciar as suas capacidades”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião