“No próximo ano esperamos prosseguir o rumo de crescimento”, diz Paulo Câmara

Paulo Câmara, managing partner da Sérvulo & Associados, tem esperança de que em 2022 continuem a manter a confiança dos clientes e parceiros e a prosseguir o rumo de crescimento.

Com esperança de que em 2022 continuem a manter a confiança dos clientes e parceiros e a prosseguir o rumo de crescimento, Paulo Câmara, managing partner da Sérvulo & Associados, sublinhou que 2021 marcou um ano historicamente muito bom para toda a sociedade.

O líder da Sérvulo destacou o volume “muito acentuado” de trabalho de Direito Público, nomeadamente nas áreas de Energia, Saúde, Recursos Naturais, Transportes e Contratação Pública, de Contencioso, de Concorrência, de Financeiro e de TMT.

Que balanço faz do ano de 2021 no que toca ao mercado da advocacia de negócios?

O mercado transacional regressou em 2021 a indicadores muito bons, com operações importantes em M&A, imobiliário, concorrência e energia. No plano regulatório, deve destacar-se o relevo continuamente assumido na área laboral e de financeiro, neste último caso com animação particular no âmbito da gestão de ativos, dos criptoativos e ESG.

O que mudou no vosso escritório em termos de estratégia em 2021?

Durante este ano, a Sérvulo lançou diversos novos serviços que procuram dar respostas interdisciplinares renovadas a temas de atualidade, designadamente sobre Portugal 20-30, Whistleblowing, Imigração, Relocation e Trabalho Remoto, Remunerações, Empresas familiares, Pay Gap, Jogos e e-sports e Legal finance. Internamente, reforçámos a nossa estrutura orgânica e alargámos a equipa de sócios, numa aposta crescente de desenvolvimento dos alicerces de crescimento da sociedade.

Paulo Câmara, Managing Partner da Sérvulo & Associados, em entrevista ao ECO/Advocatus - 30JUL20
Paulo Câmara, managing partner da SérvuloHugo Amaral/ECO

Quais foram os setores mais movimentados e cuja movimentação se refletiu em termos de faturação no escritório?

2021 marcou um ano historicamente muito bom para toda a sociedade, destacando o volume muito acentuado de trabalho de Direito Público – nomeadamente nas áreas de Energia, Saúde, Recursos Naturais, Transportes e Contratação Pública -, de Contencioso, de Concorrência, de Financeiro e de TMT.

Quais são as expectativas para 2022 em termos de volume de negócios?

Esperamos, no próximo ano, continuar a manter a confiança dos nossos clientes e parceiros e prosseguir o rumo de crescimento, em cumprimento do nosso propósito enquanto sociedade.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

“No próximo ano esperamos prosseguir o rumo de crescimento”, diz Paulo Câmara

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião