Operação Marquês: Recurso do MP suspende ou não julgamento pelos crimes pronunciados?premium

O MP vai recorrer da decisão de Ivo Rosa, que retirou 171 crimes na instrução. A Advocatus foi tentar saber as implicações do recurso para os crimes quais os arguidos foram pronunciados.

Dos 28 arguidos, apenas cinco foram pronunciados pelo juiz Ivo Rosa na decisão instrutória, que tinha mais de seis mil páginas: José Sócrates, Carlos Santos Silva, Armando Vara, Ricardo Salgado e João Perna. Uma decisão que abanou os alicerces no mundo da justiça. Ivo Rosa considerou que não havia conexão entre todos os crimes, pelo que decidiu a não pronúncia na totalidade dos crimes de 14 arguidos: Zeinal Bava, Henrique Granadeiro, Rui Mão de Ferro, Bárbara Vara, Joaquim Barroca Rodrigues, Luís Ferreira Marques, José Luís Ribeiro dos Santos, Rui Horta e Costa, José Diogo Gaspar Ferreira, José Paulo, Pinto de Sousa, Hélder Bataglia, Gonçalo Ferreira, Inês Rosário e Sofia Fava, bem como das nove empresas. E reduziu os 31 crimes pelos quais o antigo primeiro-ministro estava acusado para

Assine para ler este artigo

Aceda às notícias premium do ECO. Torne-se assinante.
A partir de
5€
Veja todos os planos