Eleições em Angola

Depois da independência de Portugal, em 1975, Angola teve apenas um Presidente: José Eduardo dos Santos. 38 anos depois, o país realiza pela primeira vez eleições sem o líder do MPLA como candidado.

No primeiro discurso enquanto chefe de Estado angolano, João Lourenço pediu ajuda ao povo para neutralizar a "corrupção e a impunidade têm um impacto negativo direto na capacidade do Estado".

Marcelo Rebelo de Sousa diz que mesmo com divergências pontuais, José Eduardo dos Santos aproximou os dois países. Defende que é preciso "levar mais longe a fraternidade entre os dois povos".