CTT muda governação e tem novo chairman

Francisco de Lacerda passa o cargo de chairman para António Gomes Mota, anterior vice-presidente, mantendo-se ainda assim como presidente executivo e vice-presidente da administração dos CTT.

Há mudanças na governação dos CTT CTT 0,00% . A empresa vai separar os cargos de presidente executivo (CEO) e presidente do conselho de administração (chairman), até aqui acumulados por Francisco de Lacerda.

Num documento submetido aos mercados, a cotada portuguesa avança que Francisco de Lacerda deixará de ser chairman, passando a vice-presidente do conselho administrativo dos CTT e mantendo o cargo de presidente executivo. Já António Gomes Mota, atual vice-presidente do conselho de administração, será o novo chairman da empresa postal.

O mandato desta administração terminou no final de 2016 e, com esta proposta, a comissão de governo societário dos CTT apresenta a nova administração a levar à assembleia geral de acionistas, com data prevista para dia 20 de abril. O próximo mandato deverá durar até 2019.

Na lista recomendada não constam os nomes de Manuel Castelo-Branco nem de Ana Jordão, que deixam assim a comissão executiva. Entram como administradores executivos António Pedro Silva e Francisco Simão, dois diretores de primeira linha da empresa. Como não executivos, juntam-se João Bento, Luísa Anacoreta Correia e Belén Amatriain Corbi.

A lista vai ao encontro das recomendações da comissão de governo societário dos CTT, descriminadas no documento. Entre elas, o objetivo de atingir a quota “de 30% do género feminino no conselho de administração deste mandato”, superior até à indicação da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). É também objetivo a nomeação de uma comissão mais internacional, com uma maioria de conselheiros independentes.

A separação dos cargos era, de resto, uma intenção antiga, veiculada logo depois da privatização da empresa em 2014. Desta forma, os CTT vão ao encontro das boas práticas de corporate governance — por outras palavras, a separação de cargos executivos com os de quem reporta diretamente aos acionistas.

Notícia atualizada às 19h14 com mais informação.

Gráfico: Cotação dos CTT na Bolsa de Lisboa

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

CTT muda governação e tem novo chairman

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião