Abreu Advogados ajuda Mapfre a entrar na Salvador Caetano

  • ECO
  • 3 Junho 2017

A firma de advogados apoiou a Mapfre España e o Grupo Salvador Caetano, numa operação que envolveu diversos acordos para a entrada da seguradora no capital social na participada portuguesa.

A Abreu Advogados prestou assessoria à Mapfre España nas negociações com o Grupo Salvador Caetano. Numa “operação que envolveu diversos acordos e atos jurídicos para a entrada da seguradora no capital social da participada Salvador Caetano Auto“, avança a firma de advogados. Isto depois de o grupo português ter comprado a Ibericar à Mapfre.

“A operação foi concretizada através da subscrição de um aumento de capital pela Mapfre España, realizada em espécie, através da entrega de créditos e de ações representativas do capital social das sociedades Finlog e Ibericar”, diz a firma de advogados em comunicado.

Foi em 2016 que a espanhola Mapfre vendeu os 50% que ainda detinha na Ibericar, o seu negócio de concessionárias em Espanha, à Salvador Caetano. Com esta compra, o grupo português ganhou mais 50 pontos de venda no país vizinho e mais de 1.200 empregados. Antes desta operação, a Salvador Caetano também comprou a Finlog, uma empresa portuguesa dedicada à gestão de frotas e aluguer de carros.

Depois de Portugal, o mercado espanhol é o mais importante para a Salvador Caetano. Mas a empresa também marca presença noutras partes do mundo: Reino Unido, Alemanha, Angola, Cabo Verde, Moçambique, China, Quénia, Senegal, Uganda, Tanzânia, Zâmbia, Mauritânia, Mali, Níger e Malawi.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Abreu Advogados ajuda Mapfre a entrar na Salvador Caetano

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião