Prova dos 9: Portugal vai crescer menos do que a União Europeia em 2018 e 2019 como diz Marques Mendes?

  • Tiago Varzim
  • 13 Novembro 2017

Marques Mendes deixou um alerta este domingo: a economia portuguesa não vai convergir com a União Europeia nos próximos dois anos, segundo as projeções de Bruxelas. O ECO foi fazer a Prova dos 9.

“Há algum exagero em ‘endeusar’ o ministro das Finanças”. A frase é de Luís Marques Mendes e tem como premissa a ideia de que Portugal não vai convergir com a União Europeia nos próximos dois anos. A afirmação do comentador tem como base as projeções da Comissão Europeia para o PIB dos 28 Estados-membros. O ECO fez a Prova dos 9.

No seu comentário de domingo na SIC, Marques Mendes assinalou que, por exemplo, a taxa de desemprego chegar aos 7,9% “não é uma questão de somenos”. Contudo, alertou para “uma questão que passou relativamente despercebida”: depois de um 2017 a crescer acima da UE, o crescimento económico de Portugal vai desacelerar, levando o PIB a crescer menos do que a média dos Estados-membros.

O comentador pediu ainda “cautela” a quem diz que está tudo “fantástico” no país. Além disso, Marques Mendes criticou a oposição por não falar do assunto, atacando o “silêncio” dos candidatos à liderança do PSD, Rui Rio e Pedro Santana Lopes.

A afirmação

“Dos 28 Estados-membros da União Europeia, há 23 que crescem mais do que Portugal. Só cinco é que crescem menos em 2018. Assim não estamos a convergir com a Europa. Em 2019, há 24 Estados-membros a crescer mais do que nós. (…) Tínhamos obrigação de fazer muito mais porque outros estão a fazer muito mais. (…) Devíamos ter mais ambição. A mim o que me surpreende é o silêncio sobre uma questão destas, que é essencial”.

“Se Portugal não cresce acima dos outros e não se aproxima da Europa no tempo das vacas gordas, com o boom do turismo, com o imobiliário, com juros baixos, então quando é que vai crescer?”

Os factos

Foi na passada quinta-feira que Bruxelas atualizou as suas projeções para a economia dos Estados-membros. As Previsões Económicas de Outono trouxeram mais otimismo para a recuperação económica da Europa: a Zona Euro vai acelerar este ano ao ritmo mais rápido da década. E, mesmo assim, a Comissão prevê — em linha com a maior parte das instituições nacionais e internacionais — que Portugal cresça este ano acima da média da Zona Euro e da União Europeia, inclusive.

Em 2017, Portugal deverá registar uma subida de 2,6% do PIB, enquanto a Zona Euro fica pelos 2,2% e a União Europeia pelos 2,3%. A economia portuguesa está, assim, entre os 23 Estados-membros que vão crescer acima da média. Fora deste grupo ficam a Alemanha, a Bélgica, a Grécia, a França, a Itália, a Dinamarca e o Reino Unido. Um ano depois, o cenário é outro.

Fonte: Projeções de outono da Comissão Europeia. Clique nos países em que quer comparar para uma melhor leitura do gráfico.

O caso de Portugal para os próximos dois anos é inverso ao da Grécia. A economia portuguesa vai desacelerar para os 2,1% em 2018 e os 1,8% em 2019. Já a economia grega vai acelerar dos 1,6% em 2017 para 2,5% nos dois anos seguintes.

Esta evolução levará Portugal para o grupo dos que crescem ao mesmo ritmo ou abaixo da média da União Europeia nos próximos dois anos, onde continuam a estar a Bélgica, Alemanha, França, Itália, Dinamarca e Reino Unido. De realçar que as previsões apontam para um crescimento económico de 2,1%, tanto para Portugal como para a União Europeia no próximo ano.

No relatório, a própria Comissão Europeia admitia que o caminho da recuperação económica “ainda não está completo”. Esta tendência que se regista em Portugal de desaceleração da economia também vai registar-se na Zona Euro e na União Europeia, ainda que de forma mais leve. Depois de crescer 2,3% em 2017, o PIB da UE vai desacelerar para os 2,1% em 2018 e para 1,9% em 2019.

Prova dos 9

De acordo com as projeções da Comissão Europeia, em 2018, Portugal deverá crescer 2,1%, a mesma taxa de variação homóloga que a União Europeia (28 Estados-membros) e a Zona Euro. Ou seja, a economia portuguesa vai expandir-se ao mesmo ritmo que a Europa. Marques Mendes diz que Portugal não estará a convergir com a UE — o que é verdade –, mas também não vai divergir. Apenas se pode dizer que Portugal vai crescer menos do que a União Europeia caso se exclua o Reino Unido (2,2%), país que vai sair do bloco.

Em 2019, não há dúvidas: Portugal vai crescer menos do que a União Europeia e a Zona Euro. A economia nacional deverá crescer 1,8%, enquanto a Zona Euro e a União Europeia vão crescer 1,9%. Assim, segundo as previsões de Bruxelas, Portugal não deverá convergir com os Estados-membros.

É preciso ressalvar que estes números são projeções da responsabilidade da Comissão Europeia, dado que os factos ainda não ocorreram.

Comentários ({{ total }})

Prova dos 9: Portugal vai crescer menos do que a União Europeia em 2018 e 2019 como diz Marques Mendes?

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião